5 DICAS PARA DIMINUIR A QUEDA DE PELO EM CACHORRO


Para ter noção como diminuir a queda de pelo em cachorro é importante saber de que a troca de pelo ou “muda” nos cachorros é um processo natural de renovação dos pelos antigos em novos, acontecendo em todos os cães em um ciclo contínuo durante sua vida.

Os pelos têm funções importantes nos cachorros, como a proteção da pele e a manutenção da temperatura corpórea, principalmente nos períodos que ocorrem mudanças climáticas.

Então podemos concluir que a queda de pelo pode ser um acontecimento natural (fisiológico) ou por causa não natural (patológica). Essa queda anormal do pelo está atrelada no cão a várias doenças, algumas doenças são observadas no próprio pelo ou da pele, como as infecções cutâneas (micoses e dermatites bacterianas), infestações parasitárias (pulgas e piolhos), alergias, problemas hormonais e nutricionais, além de distúrbios genéticos (seborreias).

Mas você sabe como diferenciar a queda natural de pelos da queda anormal?

Diferenciar uma queda de pelo natural de uma anormal em seu cachorro é fácil! Normalmente uma queda de pelo provocada por razões fisiológicas, não se observa nenhuma alteração na cobertura da pelagem (está integra).

Por outro lado, quando o motivo da queda de pelo é anormal, observamos notáveis falhas, “buracos” com falta de pelos. Além de apresentar outros sinais de agravo como lesões ou feridas na pele, irritações (vermelhidão), descamação (caspa), coceira, pelo quebradiço e ressecado. 

Caso seu cachorro apresente queda de pelo anormal, procure um médico veterinário, pois essa queda pode ser um sintoma de outro problema. Somente um especialista poderá te ajudar e avaliar corretamente a causa desse agravo.

5 dicas de como minimizar a queda de pelo em cachorro:

Abaixo descrevo algumas dicas para diminuir uma queda de pelo de forma exagerada em seu cachorro, lembrando que a troca de pelagem é irreversível e não poderá ser evitada.

1.   Banho

Uma frequência correta de banhos, o uso de produtos adequados e outros cuidados com a higiene da pele de seu cachorro é importante não só para manter a qualidade dessa pelagem, como também para evitar a queda excessiva.

2.   Tosa
A realização da tosa é importante para inúmeras raças de cães, além da sua função estética, ela desempenha um hábito de higiene e saúde. Manter seu animal tosado elimina os pelos indesejáveis e facilita a sua observação de possíveis falhas na pelagem. 
3.   Escovação
Uma boa frequência de escovação ajuda bastante na diminuição da queda do pelo em seu cachorro. O hábito de escovar estimula a queda e a remoção dos pelos soltos e mortos. 
4.   Alimentação
Uma ração de baixa qualidade está diretamente relacionada a problemas na pelagem de seu animal. Alimentar seu cachorro com rações que suprem adequadamente o teor nutricional é investir em um animal saudável.
5.   Proteção contra parasitas

 

A presença de pulgase carrapatos na pele de seu cachorro, influência na qualidade da sua pelagem. Além das doenças associadas à presença desses parasitas, irritações cutâneas e coceiras podem causar quedas, falhas, pelos embaraçados e quebradiços. 

Texto: Raphael Rocha – Veterinário Dermatologista e Alergologista Veterinário
Site: http://www.dermatovetraphaelrocha.com
Facebook: Raphael Rocha – Dermatologia e AlergologiaVeterinária

Recomendados Primeiro Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *