Os 8 MITOS de Como Acabar com Carrapatos do Cachorro!


De vez em quando eu encontro na internet algumas informações que me deixam muito preocupado de Como Acabar com Carrapatos do Cachorro!

 

Algumas delas, por outro lado, chegam a ser engraçadas, de tão absurdo que é dito como verdade… e por este motivo, eu fiz uma listagem de informações erradas ou que são passadas como se fizessem uma coisa, mas na verdade, fazem outra…

 

E não se assuste se você encontrar aqui nesta lista, coisas que você já tenha visto dizerem que é “tiro e queda” contra os carrapatos, ou mesmo receitas de “remédios mirabolantes” que matam os carrapatos e as pulgas num passe de mágica…

 

Chega de enrolação e vamos à lista dos 8 Mitos de Como Acabar Com Carrapatos!

remedio-caseiro-contra-carrapatos

 

1 – Infusão de Camomila (solução de álcool com camomila)

 

2 – Suco de limão (ou outras frutas cítricas)

 

3 – Vinagre de Maçã (diluído em água)

 

4 – Óleos Naturais (amêndoas, canela, rícino…)

 

5 – “Chá” de Cravo da Índia (solução com álcool) (serve mais como perfume)

 

6 – “Chá” de Boldo (acredite, tem gente que acha que é para dar para o cachorro beber!!!)

 

7 – “Chá” de Capim Cidreira (solução de capim cidreira com álcool, sal e água)

 

8 – Remédio contra piolho para crianças (nunca use isso!!!)

 

Gente, o que tem em comum entre os itens 1 e 6?

 

Todos eles apenas servem como REPELENTE de insetos.

 

Ou seja, quando você aplica essas substâncias no seu cachorro, você faz com que os carrapatos se sintam incomodados e se soltem do cachorro. Muitas vezes eles vão cair no ambiente e, se por acaso o seu ambiente ainda não está infestado de carrapatos, você pode estar contribuindo para que isso aconteça!

 

O número 7 é o único que realmente mata os carrapatos quando aplicado corretamente em todo o animal… mas qual o grande problema dele?

 

Essa solução é bastante ácida e causa uma desidratação da pele do animal. Por isso mata os carrapatos, por desidratação destes… porém, o uso contínuo desta solução pode levar a graves problemas de pele, gerando feridas e favorecendo a infecção bacteriana!

 

Pois todos esses produtos caseiros que eu mostrei aqui, do número 1 ao número 7, eles não apresentam poder residual adequado.

 

O que isso quer dizer?

 

Isso significa que para ter o efeito desejado por dias, você precisa aplicar os produtos todos os dias ou pelo menos a cada 2 dias.

 

Se fizer apenas uma vez por semana, como falam para ser feito, seu cachorro provavelmente estará com carrapatos até a próxima aplicação.

 

E se o ambiente estiver contaminado (como na grande maioria das vezes está), muito provavelmente seu cachorro estará com carrapatos muito antes da próxima aplicação…

 

E o último item, que é o remédio contra piolhos para crianças… NOSSA! Esse eu acho que nem precisaria falar nada… mas eu vou falar.

 

JAMAIS use medicamentos no seu cachorro que não sejam para cachorros, isso inclui esse remédio contra piolhos para crianças. Seu cachorro pode passar muito mal ou até mesmo morrer, dependendo da concentração que esse remédio se acumular no animal e do estado geral dele.

 

Enfim… como você já viu, a maioria deles apenas serve como REPELENTE e não Acabam com os Carrapatos como dizem por aí… e o pior foi ver indicarem dar o remédio contra piolhos…

remedio-caseiro-contra-carrapatos-pulgas

Mas qual o problema de usar os remédios caseiros contra carrapatos como repelente?

 

Bem, simplesmente o fato deles não matarem os carrapatos e não terem um poder residual, que dure muitos dias, e com isso, não protegendo de fato os cachorros contra os carrapatos.

 

E o pior, alguns deles podem levar reações alérgicas graves aos animais, ainda mais se eles já estiverem com a pele bem machucada, por conta das picadas dos carrapatos.

 

Outra possibilidade é o fato do cão se lamber e acabar ingerindo alguma quantidade desses “remédios”… isso pode levar desde uma simples salivação excessiva, quanto a vômitos e diarreia.

 

Portanto, muita cautela ao usar esses “remédios caseiros contra carrapatos”… não é porque são ditos naturais, que não terão nenhum efeito colateral nos animais, ainda mais quando associado ao álcool e ao sal.

 

Ah, mas os remédios que são vendidos atualmente contra carrapatos, também podem levar reações alérgicas em alguns cães. Principalmente aqueles que são aplicados diretamente na pele…

 

Por isso é importante saber se o seu cachorro é alérgico. E se for, só faça essas aplicações com a indicação de um médico veterinário.

 

O principal problema dos carrapatos é a possibilidade de transmissões de doenças muito comuns e bastante graves! Eu falo sobre esse tema muito importante e como acabar definitivamente com os carrapatos neste vídeo –> clique aqui!

 

Texto Dr. Alexandre Figueiredo

Recomendados Primeiro Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *