Blocos de Carnaval para Cachorro: curta com moderação!


Está chegando o carnaval e com ele começam a surgir os blocos de carnaval… e já há um tempo, os blocos de carnaval para cachorro estão aumentando na sua popularidade. Mas cuidado para a sua alegria não ser o estresse do seu cachorro!
No Rio de Janeiro são bastante comuns os blocos de carnaval de rua, onde as pessoas se concentram em um lugar onde tocam as marchinhas e sambas de carnaval ou vão atrás de um carro de som pela rua ou mesmo de um grupo de pessoas tocando bateria de escola de samba.
Por que não levar o seu cachorro para um bloco de carnaval de rua?
Bem, aqui no Rio de Janeiro, eu posso te garantir que esses blocos de carnaval são muito cheio de gente e boa parte delas está “bastante feliz demais” (se é que você me entende…).
Agora imagine como o seu cachorro se sente no meio de uma centena, de milhares ou até mesmo de milhões de pessoas, alegres demais, fazendo barulho, com um carro de som no volume máximo ou uma bateria de escola de samba ao vivo…
Pois bem, ai eu já listei alguns dos principais estresses para o seu cachorro… e vale ressaltar aqui o barulho, que para nós já é alto, para eles que possuem a audição muitas vezes mais aguçada que a nossa, deve ser ensurdecedor, certo? E é!
Outro problema bastante comum quando alguém resolve levar o seu cachorro num desses blocos de carnaval é a perda do cachorro. Mesmo na guia com coleira, ele pode acabar se soltando devido ao estresse ou mesmo o dono sem querer, pode acabar largando a guia. Acredite… acontece!
Acidentes também são frequentes, você pode imaginar o porquê… várias pessoas juntas e amontoadas… mas um dos piores problemas que podem acontecer é justamente a hipertermia!!!
 
A maioria dos blocos de carnaval acontece pela manhã e vão até o início da tarde ou começam de tarde e vão até a noite… e é justamente no horário mais quente do dia. Além da hipertermia, que pode até levar o seu animal a morte, também pode ocorrer a queimadura dos coxins (aquelas almofadinhas dos dedos) devido a alta temperatura do asfalto ou da calçada.
 
Mas existem os blocos de carnaval para cachorro, especificamente para eles, certo?
Sim! Cada vez mais têm surgidos blocos de carnaval para cachorro. Acontece que esse tipo de bloco de carnaval deve seguir algumas características para não ser igual aos outros…
 
3 características desejáveis nos blocos de carnaval para cachorro e 4 recomendações aos tutores, segundo o médico veterinário Alexandre Figueiredo:
1)    Som baixo e preferencialmente sem bateria ao vivo.
 
2)    Acontecer pela manhã e terminar preferencialmente às 10:00hrs.
 
3)    Ter a presença de pelo menos um médico veterinário (seria o ideal)
1)    Cada tutor deve levar uma garrafa de água para poder oferecer ao seu cão sempre que necessário.
 
2)    Só leve seu cachorro se ele for sociável com pessoas e com outros cães para evitar acidentes.
 
3)    Mantenha seu cachorro sempre com coleira e guia, e com alguma forma de identificação (medalha com o nome do cão, nome do tutor e telefone para contato).
 
 
4)    Se for colocar fantasia no seu cachorro, evite usar aquelas muito quentes e fechadas.
Veja aqui alguns exemplos de fantasias quentes e fechadas que devem ser evitadas.
 
 Veja aqui alguns exemplos de fantasias mais simples e frescas, ou seja, ideais para seu melhor amigo.
 
 
 Lembre-se, nunca leve seu cachorro a um bloco de rua tradicional e siga as minhas dicas, caso deseje levá-lo para blocos de carnaval para cachorro e curta com moderação! 
O que você achou deste artigo?
Logo abaixo do título você pode avaliá-lo e também pode deixar seu comentário abaixo com a sua opinião ou dúvida!

Recomendados Primeiro Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *