Cachorro com DIARREIA: o que pode ser e o que fazer?


Uma das queixas mais comuns dos tutores de cães é sobre cachorro com diarreia. O que pode ser? A diarreia em cachorro é um sintoma de algum problema que o seu animal pode estar apresentando e isso pode ser desde uma coisa boba até uma doença grave que pode matar o seu melhor amigo!

 

Então se o seu cachorro está com diarreia, leia este artigo com atenção para te ajudar a entender o que pode estar acontecendo no caso do seu cachorro e se você deve levá-lo a um médico veterinário imediatamente ou não.

 

(VEJA AQUI O VÍDEO QUE GRAVEI SOBRE ESSE TEMA)

Como disse no início, a diarreia é um sintoma de algum problema e não uma doença em si.

 

Nós podemos dividir os quadros de diarreia em AGUDA ou CRÔNICA, onde a aguda tem início abrupto ou recente de evacuação de frequência anormal e conteúdo líquido de material fecal.

 

Já a diarreia crônica, trata-se de uma alteração na frequência, na consistência e no volume das fezes por mais de 3 semanas ou com padrão de recidiva episódica.

 

A diarreia é causada por um desequilíbrio nas ações de absorção, secreção e motilidade intestinais e ela pode ou não estar associada com inflamação do trato intestinal, o que caracteriza uma enterite.

 

Diarreia Aguda em Cachorro, o que pode ser?

 

A diarreia aguda pode ter dois tipos principais.

 

O primeiro tipo é a Diarreia Osmótica, em outras palavras, a diarreia que é causada por um aumento de líquido dentro do intestino.

 

Isso pode acontecer devido a ingestão de alimentos que são pouco digestíveis e que “atraem” água para si ou por má assimilação alimentar ou por má absorção ou até mesmo por medicamentos.

 

O resultado disso é uma maior quantidade de água dentro do intestino, fazendo com que as fezes saiam na forma de diarreia.

 

Exemplos clássicos desta situação são quando há troca de ração de forma radical. Neste caso, a fauna intestinal não estava preparada para esse novo tipo de alimento e acaba ocorrendo uma má assimilação alimentar.

 

Outro exemplo é quando o cachorro come muita gordura num dia de churrasco. Ele não consegue fazer a digestão adequada deste excesso de gordura e acaba fazendo a diarreia.

Alterações abruptas na quantidade de alimento também podem causa essa diarreia. Este caso costuma acontecer quando o cachorro pega um saco de ração e come uma quantidade enorme de ração no mesmo dia.

 

A vantagem nestes casos citados, é que normalmente basta um jejum de 12 horas de comida, para que o intestino consiga eliminar todo aquele conteúdo na forma de diarreia e “zerar” o conteúdo que estava provocando o problema.

 

O mais indicado nestes casos, após o jejum de 12 horas de comida, é ir retornando aos poucos com a alimentação que ele já estava acostumado a comer antes de ter a diarreia.

 

Ofereça pequenas quantidades a cada 3 horas durante o dia. No dia seguinte se ele já estiver normal, você já pode voltar com a alimentação na quantidade normal dele, duas vezes por dia.

 

Muito importante é você manter o seu cachorro com diarreia hidratado nestas 12 horas!

A diarreia em cachorro desidrata muito rapidamente o animal, então ele deve ingerir água em maior quantidade.

 

Uma dica que eu dou é colocar mais vasilhas de água pela casa, de preferência com algumas pedrinhas de gelo, pois alguns animais preferem beber água gelada, ainda mais se o dia estiver muito quente.

 

Oferecer água de coco também é uma ótima opção neste período de jejum de 12 horas.

 

A ingestão de lixo, material que não seja alimento (objetos) ou mesmo alimentos estragados também podem causar esse tipo de diarreia. E nestes casos deve-se ter um cuidado maior e levar o animal ao médico veterinário, pois pode ser necessário fazer alguma medicação e/ou exames de imagem para tentar identificar qual foi o “objeto comido” e se há necessidade de fazer cirurgia para remoção.

 

O segundo tipo é a diarreia secretória. Nestes casos, o intestino precisa liberar líquido e eletrólitos para dentro dele com o objetivo de auxiliar na digestão, absorção e propulsão dos alimentos.

 

Nestes casos, as causas mais comuns são as de origem infecciosa por bactérias ou vírus, as de origem parasitárias causadas por vermes. Algumas doenças do metabolismo também podem causa esse tipo de diarreia, como Hipoadrenocorticismo, hepatopatias, necropatias e pancreatopatias.

 

Em todos estes casos, só quem vai conseguir descobrir o motivo da diarreia é o médico veterinário.

 

É fundamental que você leve o seu cachorro para ser examinado o quanto antes, pois alguns quadros de diarreia infecciosa, por exemplo, são tão intensos e acompanhados por sangue nas fezes, como o caso da Parvovirose, que o animal pode vir a óbito em poucos dias.

 

Diarreia Crônica em Cachorro, o que pode ser?

 

Como já foi dito, a diarreia crônica é aquela quando a presença da diarreia já ocorre por mais de 3 semanas ou com padrão de recidiva ocasional.

 

A origem deste tipo de diarreia em cachorro pode ser tanto no intestino delgado como no intestino grosso.

 

As causas vão ser separadas de acordo com a sua origem, então primeiro vamos falar das causas das diarreias de intestino delgado.

 

Elas podem ocorrer por conta de uma Doença Primária do Intestino Delgado, ou seja, por exemplo:

  • Enteropatia inflamatória
  • Linfangiectasia
  • Neoplasias (câncer)
  • Infecções e outras causas menos comuns.

 

Outras causas são por má digestão, seja por problemas pancreáticos ou doença hepatobiliar.

 

Intolerância alimentar ou alergia alimentar também são outras causas de diarreia crônica.

 

Problemas relacionados à uremia, toxinas e administração de alguns tipos de medicamentos, como antibióticos, também podem causar diarreia crônica.

 

OU SEJA, são inúmeras causas que podem levar o seu cachorro a ter diarreia crônica. Portanto, nestes casos, não tem outra opção se não levar o seu cachorro com diarreia o quanto antes ao médico veterinário para que ele possa chegar a um diagnóstico e que muitas vezes será até difícil de conseguir.

 

Ah, e nem falamos ainda das causas de diarreia em intestino grosso!!!

 

Como elas são parecidas, não vou listar aqui, mas esteja ciente que são muitas as possibilidades e que esse tipo de diarreia crônica pode estar relacionados com quadros graves de progressão lenta, como o próprio câncer de intestino.

Este artigo foi escrito com o objetivo de alertar mesmo você que está com o seu cachorro com diarreia. Ela pode ser desde uma simples diarreia aguda causada por uma troca de ração, mas também pode ser o indicativo de que algum problema mais grave está afetando o seu melhor amigo.

 

Um dos cuidados mais importantes que temos que ter é com a hidratação deste cachorro com diarreia. Volto a chamar a atenção para isso, pois é bem importante!

 

Se você tem algum conhecido que está com o cachorro com diarreia, compartilhe este artigo com ele para que fique informado e se necessário, leve logo o cachorro para ser examinado por um médico veterinário!

 

Texto: Dr. Alexandre Figueiredo

Dono do blog Dicas Boas pra Cachorro

http://www.dicasboaspracachorro.com.br

 

Acompanhe também nosso canal no Youtube, para se inscrever basta acessar:

http://www.dicasboaspracachorro.com.br/youtube

Recomendados Primeiro Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *