COMO ACABAR COM OS CARRAPATOS DO CACHORRO E DO AMBIENTE


Muitas pessoas têm problemas em acabar com os carrapatos do cachorro e do ambiente, mas não se preocupe, depois que você ler esse texto, você vai ter uma boa quantidade de informações que vão te ajudar no combate a essa praga!
Agora, se você está com medo do seu cachorro ser infectado com uma das doenças do carrapato e quer SABER EXATAMENTE o que eu recomendo e indico para acabar de uma vez por todas com os carrapatos, você pode adquirir o Guia Completo Como Acabar Com Carrapatos: passo a passo, basta clicar aqui e ainda garantir uma série de bônus!
Diferentemente das pulgas (veja aqui como acabar com elas), os carrapatos adultos são mais fáceis de serem observados, pois não possuem a mobilidade que as pulgas têm. Dessa forma, para saber se o seu animal está ou não com carrapatos, basta procurá-lo pelo corpo todo do cachorro. Eles costumam ficar em locais mais protegidos, como nas orelhas, entre os dedos, na virilha e axila. Mas podem estar em qualquer lugar do corpo. As formas de larvas (conhecidas popularmente como micuins) são muito pequenas e estas sim, são bem difíceis de ver, como nesta foto.
 
Dica 1: Procure pelos carrapatos nos locais onde eles mais gostam de ficar, como orelhas, entre os dedos, na virilha e axila dos cachorros.
Dependendo da quantidade de carrapatos que o seu animal esteja, ele pode estar se coçando muito ou pouco.

 
 
 
 
 
 
 
 

Mas e agora que eu já sei que ele está com carrapatos, como vou acabar com eles? Basta eu arrancar um por um, certo?

Errado! Primeiro, porque não se deve ficar arrancando os carrapatos, pois se você fizer isso de forma errada, o aparelho bucal deles continuará preso na pele do cachorro. Isto pode levar a uma irritação local e até infecção da pele. Portanto, a melhor forma é utilizar os produtos que matam os carrapatos, fazendo com que eles se soltem naturalmente e morram.
Ah tá… então basta eu fazer isso que o problema está resolvido?
Errado novamente! No ciclo do carrapato, assim que o ovo eclode no ambiente, a larva (primeiro estágio) precisa logo se alimentar e vai procurar um hospedeiro, que no caso, é o cachorro. Depois que essa larva cresce, ela sai do cachorro e volta para o ambiente para realizar a primeira muda, se transformando em ninfa. Em seguida, retorna novamente para o animal, onde se alimenta, e volta a fazer mais uma muda no ambiente. Após essa terceira vez é que temos o carrapato adulto. A fêmea do carrapato se solta do cachorro após 4 a 10 dias quando já está bem ingurgitada (cheia de ovos), para poder colocar seus ovos em locais como frestas de parede e piso, plantas e gramas. A fêmea pode colocar de 200 a 3.000 ovos e depois ela morre (como na foto abaixo)
Dica 2: Temos que tratar o cachorro e principalmente o ambiente! Pois na maior parte do tempo os carrapatos estão no ambiente (seja na forma de ovos, larvas, ninfas e adultos) e não no cachorro.

 

            No ciclo do carrapato, fica claro que ele passa pouco tempo no animal, pois são carrapatos conhecidos por possuírem três hospedeiros, onde cada estágio de desenvolvimento tem um hospedeiro (podendo ser três cachorros diferentes ou ser o mesmo cachorro).

    Mas eu moro em apartamento, preciso me preocupar com carrapatos também?

            Sim! Primeiro, porque basta você dar uma volta no quarteirão com o seu cachorro, que se tiver um carrapato, o seu cachorro pode acabar pegando. Segundo, que mesmo que você nunca leve o seu cachorro à rua, pode ser que seu vizinho passeie com o cachorro dele, e assim traga o carrapato com ele. Terceiro, porque os carrapatos sobem muros, então se você morar no térreo ou no primeiro andar, eles podem chegar até o seu cachorro com facilidade.
            Os carrapatos costumam ficar no ambiente em locais de grama, como em quintais, nos canis de alvenaria ou casinhas dos cachorros e dependendo da infestação, até mesmo dentro da sua casa. É importante saber onde é o foco da infestação, pois se o foco for externo, ou seja, fora da sua casa, tomar medidas preventivas normalmente já é o suficiente para conseguir acabar com os carrapatos.
Dica 3: É importante saber onde está o foco da infestação, pois se o foco estiver na casa do seu vizinho, por exemplo, e não propriamente na sua casa, você nunca vai estar com o seu ambiente 100% livre dos carrapatos.

PRIMEIRO PASSO: COMO ACABAR COM OS CARRAPATOS DO CACHORRO

Existem no mercado inúmeros produtos anticarrapatos: xampu e sabonetes; talcos; coleiras; pipetas (spot-on); spray e comprimidos. Vamos falar de cada um abaixo, suas vantagens e desvantagens.
Xampu e sabonetes: É uma opção para quem não tem condições de arcar com os custos de medicamentos como pipetas e sprays.
Vantagens
Desvantagens
  • Não vejo nenhuma
·  Matam os carrapatos apenas enquanto estão em contato com o produto durante o banho. Após o banho o animal está livre dos carrapatos até ser colocado no ambiente contaminado novamente.
·  Não tem efeito residual.
·  Além disso, se o banho com estes produtos não for feito com cuidado, o animal pode acabar ingerindo o produto e ter complicações. Portanto, muito cuidado se for dar banho no seu cachorro com produtos assim.
Talcos anticarrapatos:
Vantagens
Desvantagens
·      Indiretamente cai no ambiente ajudando a reduzir a carga parasitária deste;
·      Mais utilizado para o controle do ambiente do que propriamente para o controle no animal.
·      Fácil aplicação
·      Pouco poder residual e sem um período certo de prevenção.
Coleiras anticarrapatos:
Vantagens
Desvantagens
·      Muitas delas tem efeito prolongado, de 3 até 7 meses.
·      Poucas são realmente eficazes.
·      Algumas delas, se forem molhadas diminuem o tempo de ação.
·      Deve-se evitar ficar tocando nelas, pois o remédio vai sendo liberado aos poucos nesse período e pode causar alguma irritação tanto na pele do cachorro quanto na sua pele e se entrar em contato com sua boca ou olhos. 
Pipetas: Existem algumas no mercado com princípio ativo diferente, logo, podem variar de eficácia, mas no geral funcionam bem. O mecanismo de aplicação é diretamente na pele e para isso, deve-se afastar os pelos para que a aplicação seja feita de forma correta. O local mais indicado é na nuca, pois o cachorro não terá como lamber depois da aplicação. Às vezes é necessário aplicar em mais de um local, dependendo do porte do animal e do mecanismo de ação do medicamento.
Vantagens
Desvantagens
·      Normalmente são utilizadas como prevenção, mas também atuam no combate à infestação.
·      São de fácil aplicação.
·      Protegem normalmente por 30 dias (dependendo da infestação).
·      É seguro e o animal não precisa ser picado para que o carrapato morra, basta ele entrar em contato com o pelo ou a pele do animal.
·      Algumas protegem também contra pulgas, mosquitos e vermes intestinais.
·      Filhotes com menos de 60 dias ou menos que 1 kg de peso não devem receber este tipo de medicamento com risco de intoxicação!
·      Após a aplicação do produto, alguns fabricantes indicam não dar banho no animal nos 2 próximos dias.

Observação: Deve-se respeitar o tipo de pipeta para cada peso do cachorro. Por exemplo: tem pipetas para animais de até 10kg, de 11 a 20kg, de 21 a 40kg e outras variações. 

Spray: Muita atenção ao comprar estes produtos, pois há sprays anticarrapatos para serem usados diretamente no cachorro e outros que só devem ser usados no ambiente. Neste momento, falarei apenas dos que devem ser usados diretamente nos cachorros.
Vantagens
Desvantagens
·      São muito bons para controle de infestações no animal.
·      É seguro e o animal não precisa ser picado para que o carrapato morra, basta ele entrar em contato com o pelo ou a pele do animal.
·      Alguns fabricantes indicam o produto inclusive para filhotes a partir de 2 dias de vida e fêmeas prenhes e/ou lactantes.
·      Normalmente protegem por um período de 30 dias.
·      O produto deve ser aplicado em todo o corpo do animal, incluindo patas, barriga, rabo e cabeça (cuidado com os olhos e boca; melhor neste caso usar um algodão molhado com o produto).
·      Se não tomar estes cuidados, o animal ainda pode ser parasitado.
Comprimidos: Atualmente, há algumas opções de comprimido contra carrapatos no mercado. Costumam ter bons resultados, deve ser usado de acordo com o peso do animal e possui algumas restrições.
Vantagens
Desvantagens
·      Por ser comprimido, os animais que já estejam com a pele bastante ferida e que poderia ter alguma irritação no local de aplicação, ficam livres dessa possibilidade.
·      Protegem por períodos variando de 30 a 90 dias.
·    Não deve ser dado para cães com menos de 2 meses de idade.
·     Alguns não deve ser usados em cadelas prenhas ou em lactação.
·    Alguns donos podem ter dificuldade para dar o comprimido, pois alguns cachorros não aceitam comer espontaneamente ou junto com outros alimentos.
·      Além do mais, o comprimido pode se despedaçar neste momento e o proprietário fica sem saber se a dose foi ingerida corretamente.
Observação: Este medicamento é contraindicado para filhotes de qualquer raça com menos de 6 semanas de vida. Em cadelas prenhes ou em período de lactação, deve-se ter a orientação do médico veterinário. Deve-se respeitar o peso do cachorro de acordo com a dose indicada para ele. Procure orientação veterinária para o uso correto do medicamento.
Há também a possibilidade de se fazer uma aplicação, conhecida popularmente como “vacina contra carrapato”, mas que na verdade não é uma vacina, apenas um medicamento que é aplicado por via subcutânea. Da mesma forma, procure o médico veterinário e informe-se sobre isso.
Dica: Você pode fazer associações ao mesmo tempo para eliminar as pulgas do seu cachorro, por exemplo: Spray + Coleira; Pipeta + Comprimido; Spray + Comprimido.
Nunca mais do que 2 associações ao mesmo tempo! Consulte o médico veterinário para fazer essa associação.

SEGUNDO PASSO: COMO CONTROLAR OS CARRAPATOS DO AMBIENTE.

Da mesma forma que existem os produtos para serem usados nos cachorros, também há no mercado inúmeros produtos anticarrapatos para o ambiente como: talcos; spray ou aerossóis, inseticidas e empresa dedetizadora. Vamos falar das vantagens e desvantagens de cada um abaixo.
Talco: Como falei anteriormente, o mesmo talco que você pode utilizar no seu cachorro, você também pode usar para o controle do ambiente. Para isso, basta colocar um pouco do talco dentro do saco do aspirador de pó e aspirar toda a casa, principalmente se for de tábua corrida ou tacos (ficam nas frestas). Este método é mais eficaz para o controle das pulgas no ambiente, porque os carrapatos tendem a colocar seus ovos mais em locais como muros e ambientes de alvenaria com cimento chapiscado. 
 
 
Vantagens
Desvantagens
·      Ajuda a reduzir a infestação no ambiente sem necessidade de tirar pessoas e o próprio animal de casa.
·      Tem um custo baixo em relação a outros produtos com a mesma finalidade, pois pode ser usado várias vezes.
·      Trabalhoso, pois dependendo do tamanho da casa o procedimento vai demorar.
·      É necessário fazer pelo menos 1 vez por semana, até que se tenha conseguido controlar a infestação.
·      Não tem a mesma eficácia do que no controle das pulgas.
Spray ou aerossóis: Lembrando que irei falar aqui dos sprays para serem usados apenas e somente no ambiente e nunca no animal. A melhor indicação para eles é justamente nos muros e paredes. É legal também para criar uma “barreira invisível” contra os carrapatos que possam estar vindo do vizinho.
Vantagens
Desvantagens
·      É de fácil aplicação se você quiser selecionar locais específicos, como muro, canil de alvenaria, casinha do cachorro, como forma de ajudar no combate a infestação.
·      Alguns fabricantes dizem que após a aplicação, o produto pode eliminar os carrapatos e seus ovos, por até 6 meses.
·      O produto normalmente seca rapidamente e após 30 minutos, deve-se deixar ventilar bem o ambiente antes de colocar novamente os animais.
·      Deve-se retirar todos os animais do ambiente (incluindo cachorros, gatos, pássaros e os aquários devem ser isolados com tampa ou cobertos com plástico).
·      A pessoa que estiver aplicando deverá usar luvas, máscara e óculos para proteção.
·      Tecidos delicados, plásticos, resinas, vernizes e ceras podem interagir com o produto, provocando manchas na superfície tratada.
·      Se a área for muito ampla, o custo será mais alto, pois deve-se pulverizar por cerca de 10 segundos para cada m² de área, além de ser trabalhoso.
Observação: Venda sob prescrição e aplicação sob orientação do médico veterinário. Leia a bula, pois trata-se de um medicamento tóxico.
Dica 2: Utilizar os sprays para ambiente apenas para lugares mais específicos, como o muro, canil de alvenaria ou casinha que o cachorro fique. Utilizar outra forma de combate para o restante do ambiente.
Inseticidas: Normalmente a base de Deltametrina, são de uso exclusivamente para ambientes ou para animais de grande porte, como bovinos e equinos, mas jamais devem ser utilizados diretamente em animais de companhia. São aplicados com borrifadores ou panos úmidos com a diluição. Deve-se deixar o ambiente bastante ventilado durante a aplicação e sua secagem natural.
Vantagens
Desvantagens
·      Tem efeito residual no ambiente por cerca de 14 dias, portanto, caso a infestação continue após a primeira aplicação, deve-se repetir a cada duas semanas.
·      Serve para outros tipos de insetos, como pulgas, traças e baratas.
·      Deve-se retirar todos os animais do ambiente (incluindo cachorros, gatos, pássaros e os aquários devem ser isolados com tampa ou cobertos com plástico).
·      A pessoa que estiver aplicando deverá usar luvas, máscara e óculos para proteção.
·      Só retornar com os animais e crianças após ter saído todo o cheiro e o piso estiver secado naturalmente.
Observação: Venda sob prescrição e aplicação sob orientação do médico veterinário. Leia a bula, pois trata-se de um inseticida tóxico.
Dica 3: Utilize os inseticidas de preferência num final de semana. Aplique-o pela manhã em todo o piso e muros. Passe o dia fora com a família e é claro, seu cachorro, deixando as janelas abertas. Ao retornar na parte da tarde o cheiro já saiu e estará seco.
Empresa dedetizadora: Existem várias pelo Brasil, cabe a você se informar qual delas faz o serviço e seu custo.
Vantagens
Desvantagens
·      Você, nem ninguém da sua família se expõem ao risco de lidar com substâncias tóxicas. O trabalho todo fica por conta da dedetizadora.
·      Costuma ter bons resultados e algumas dão garantia por meses.
·      Alto custo em relação aos demais produtos.
Dica 4: Se você pode gastar dinheiro com uma empresa dedetizadora, é a melhor opção para acabar com uma infestação no ambiente.
Informações Relevantes e Importantes:
O carrapato que mais acomete os cachorros é da espécie Rhipicephalus sanguineus, conhecido como carrapato marrom (ou vermelho) do cão.
É responsável pela transmissão de Babesia canis e Erhlichia canis (as doenças do carrapato, veja o artigo aqui).
Este carrapato pode também transmitir muitas infecções por protozoários, vírus e riquétsias aos animais e ao homem.
Cuidado! Há na internet muitas receitas caseiras para o controle do carrapato e a grande maioria delas, sem a MENOR base científica para tal. Há inclusive receitas que incluem acrescentar ALHO às refeições do seu cachorro. E o alho, em médio prazo, é tóxico para os animais. Portanto, muito cuidado com essas receitas caseiras!

 

LEMBRE-SE: VOCÊ DEVE SEMPRE TRATAR O ANIMAL E O AMBIENTE AO MESMO TEMPO, POIS SENÃO AS CHANCES DE CONSEGUIR ACABAR COM OS CARRAPATOS DIMINUEM. É IMPORTANTE MANTER A PREVENÇÃO ANTICARRAPATOS EM DIA POR TODA A VIDA DO CACHORRO. 

Se preferir, você pode assistir a vídeo aula deste tema:

 

Recomendados Primeiro Para Você:

  • estou com um cão yorkshare com dois anos que comprei mas nada sei dele,porém ele deu uma quantidade absurda de carrapato preto, eu ja vi outros mas esta cor não, sempre tive animais, mas dessa vez fiquei apavorada, pois não sabia tirei muitos e ele esta todo ferido, estou preocupada , esta raça tem facilidade de ter/?,, e vi que tenho que limpar todo o lugar por onde fica o butox sempre foi eficaz nos outros que tinha e agora compro butos ou fronti-line em spray,,, ele tomou banho já vaias vezes , banho e tosa,,,,mas como perdi uma agora com nove meses estou com medo de levar , ele tomou um remédio, devido um pouco de sarna no ouvido,, o que faço,,,

  • Muito bom esse artigo.
    Minha cadela,a Pedrita tem apenas 4 meses de idade.Hoje pude perceber que ela esta com carrapatos.Fiquei muito preocupada.

  • Prezado Dr, temos em nossa casa uma cadelinha com aproximadamente 13 anos, ela nunca cruzou e nem vais mais, pois a 3 anos atrás ela teve uma séria infecção e teve que ser operada de urgência para retirada do útero e ovario, que estavam infeccionados, basta dizer que o diâmetro do útero estava como o de uma linguiça chouriço. Só que ela anda atualmente infestada de carrapatos, alguns pequeninos e outros grandes borrachudos cheios de sangue. Na nossa casa tem quintal e ela não tem acesso a rua, já não sabemos mais o que fazer. Poderia nos ajudar com alguma informação?

  • Muito obrigada,ótima explicação eu vou fazer o que você ensinou no meu quintal têm uma infestação de carrapatos eu sempre tiro dos cachorros mas agora vi que é errado eles sofrem muito,tenho um vira lata adulto e um filhote de Rotwailer já tentei dar ivomec comprimido e uso talco mas não adianta.

  • Ola, tenho uma cadelinha em casa e ela estava infestada de carrapatos, cheguei a tirar 16 dela fora os que eu nao vi. Mandei dar banho nela em um pet e colocamos frontline e na minha casa lavei o chão com querosene, mas essa manhã vi um carrapato na minha roupa de cama, estou desesperada, o que posso fazer para exterminá-los desses cômodos? Vou ter q jogar minha roupa de cama toda fora? :/ me ajude por favor, estou nojo de ficar na minha própria casa, obrigada desde ja!

  • Olá. Já usei pipetas, coleiras e sabonetes. E nada, a infestação é no meu quarto onde nos duas dormimos. Tenho medo de usar algum spray e isso prejudicar eu e ela, o quarto é pequeno. Ela sofre muito com as coceiras e picadas no corpo, com feridinhas. E agora? Qual a solução mais viável? Desde já obrigada

  • Meu apartamento e meus dois cachorrinhos estao infestados de carrapato. Tem muitos nos animais. E as paredes estao lotadas. Estou em desespero. Estou passando veneno. Isso vai resolver?

  • Olá Alexandre,
    Tenho um Pug e recentemente os carrapatos começaram a aparecer.
    Levei no veterinário e comecei a tratar com pipetas (recomendou 1 por mês durante 3 meses), mas lendo seu ótimo artigo vi que preciso tratar o ambiente também. Um amigo recomendou diluir algumas gotas de Kotrine na água e burrifar pelo quintal. Sabe dizer se este produto é eficiente contra carrapatos e se não é muito tóxico para o cão?
    Grato pela orientação e parabéns pelo ótimo artigo, o melhor que achei na internet.

  • O Bob é meu vira-lata que vai comigo pra toda parte. Ele fez amizades com uns cachorros perto do meu trabalho e por isso fica até dois dias sem voltar. Quando ele volta eu dou banho nele e verifico sem tem carrapatos.
    Só lendo o seu artigo entendi onde procurar por carrapatos. Eu consegui retirar todos que encontrei (principalmente entre os dedos), usei também uma pipeta e um comprimido anti-pulgas. Comprei também um carrapaticida pra borrifar no ambiente. minhas perguntas são: posso borrifar esse carrapaticida também no carro? Apesar de ter aplicado a pipeta e dado o comprimido, posso aplicar também esse carrapaticida?

  • Olá, adotei um cachorrinho de 1 ano e meio que veio infestado de carrapatos pequenos, passei o talco e o frontline plus (que inclui o adulticida e inibidor de crescimento), no entanto os produtos só fizeram efeito por quinze dias. Após este período encontrei carrapatos muito maiores e uma única pulga (que eu consegui visualizar). Ele tem alergia a carrapato e por isso fica muito ferido. Moro em um apartamento pequeno, 2º andar, porém ele só faz as necessidades fisiológicas dele na rua, por mais que eu tente adestrá-lo para fazer no pipidog ele não aceita. Tenho limpado a casa com água sanitária (inclusive nas paredes e no teto). Gostaria de saber qual o melhor produto posso passar em casa para fazer uma dedetização mais eficiente e qual a melhor coleira existente, pois apesar de eu ter certeza da eficácia do frontline o mesmo sozinho não está resolvendo o problema e como é um cãozinho da raça shi tzu, o talco não é tão simples de aplicar devido ao pelo (tenho tentado mantê-lo tosado, mas estou com medo de levá-lo muito ao pet para banho e tosa para evitar contato com outros cachorros). Ficaria grata se puder me ajudar.

  • Boa noite,
    Me esclareceu bastante as suas dicas e informações. Porém meu cachorro está com carrapato pela 2ª vez. Compramos Mypet para ele, dedetizamos todo o quintal, se passaram 20 dias e os carrapatos voltaram, existe alguma outra coisa a ser feita? A raça dele é são bernardo.

    Obrigada.

  • Olá, tenho 2 cães adultos e acabei de adotar um filhote que nem dentes tem ainda, porem mucuins ele tem aos montes!! Estou apavorada pois nenhum dos meus dois adultos nunca tiveram tanto bichinho quando esse bebe novo… Ele para por algum lugar por um minuto e deixa no mínimo 3 mucuins pelo chão. To com medo de contaminação e de um desses me picar… Sou super alérgica a picadas de insetos, e ele ainda dorme no meu quarto por ser tão pequeno. Aguardando resposta. Atenciosamente.

  • Esta tendo uma infestação de carrapatos na casinha de minhas cachorras, ja joguei uma casinha fora e comprei uma nova, dei banho passei remédio e de nada adiantou, eles voltaram e estão entre as frestas da casinha delas, fiz a limpeza com fogo alcool, as coloquei de volta na casinha e eles voltaram, ja estou deseperado, oque vc sujere?

  • BOA TARDE!
    Gostei muito da reportagem. No meu caso os carrapatos vem do vizinho que tem um terreno abandonado cheio de mato no quintal. Eu tenho uma vira-latinha que acabou de fazer 1 ano e recolhi há 1 mês um outro filhotinho abandonado na rua que está com 3 meses. Este meu bb já pegou alguns carrapatinhos da irmã mais velha (ela usava coleira e pelo jeito não funcionou) bem. Vou dar banho com o carrapaticida e depois de 2 dias usar a pipeta em ambos. Mas como lidar com o ambiente, já que os carrapatos pulam o muro…. quem me dera usar a vassoura de fogo no quintal do meu vizinho… rsss. Como mantenho meu quintal longe da infestação do vizinho. O que seria bom passar pra eliminar o que existe? E com que frequência devo utilizar outro produto nos cães e no quintal para evitar re-infestação?

  • Oi.
    Que tipo de remédio posso passar na pele do cachorro assim que eu arranco o carrapato? Pois sangra muito.
    Minha cadela é de porte grande, muito parecida com um Labrador. Já passamos aqueles venenos em pó no quintal todo e mesmo assim ainda tem.
    Assim que ela pegou carrapato, ela começou a cavocar o quintal, e está me dando agonia ver ela assim e não sei mais o que fazer. 🙁

  • Ganhei um cachorro infestado de carrapatos, tratei dele e quando estava totalmente limpo a pessoa que me doou tomou o cãozinho. Só que aí começaram os meus problemas. A varanda onde ele ficava está infestada de carrapatos e já não sei mais o que fazer. Queria muito aplicar deltametrina ou amitraz mas vejo tanta gente falando que faz mal que fiquei temerosa. Será que posso aplicar só pra tratar o ambiente? Dr me ajuda porque já não sei mais como controlar essa praga. Hoje tenho um pinscher com 31 dias que mantenho longe da varanda, temo que ele seja infestado. Posso usar essas substâncias na minha varanda? O que fazer?

  • Adotei um cachorrinho e ele veio cheio de carrapatinhos,tirei uns na pinça rsrs,mais são tão minúsculos que pensei que fossem pintinhas mais qdo puxei sangrou e vi que eram carrapatos,fiquei triste isso é uma praga…to com medo de infestação o que eu faço??? ele tem 2 meses….

  • Gabriele, neste seu caso mais avançado de infestação, recomendo fortemente que você contrate uma dedetizadora que dê garantia, para fazer o serviço na sua casa. Enquanto isso, você e sua família ficam fora, sem contato com o produto.
    Na cadelinha, utilize um bom produto, não adianta querer economizar, pois acaba que o barato sai muito caro!!
    Boa sorte!

  • Olá Santa Felicia.
    Você tem que ver se não tem vizinhos com infestação também. Do jeito que você fala, é bem provável que tenha outros focos fora da sua casa.
    Importante utilizar sempre no animal os anticarrapaticidas e no ambiente um específico para isso.
    Boa sorte!

  • Olá Juliana.
    Infelizmente não tem como te ajudar por aqui. Precisaria examinar o animal e pedir alguns exames.
    Recomendo que leve ele logo para o veterinário que o atendeu inicialmente.
    Para acabar com os carrapatos e com as pulgas é importante combater o ambiente ao mesmo tempo que trata o animal.
    Boa sorte!

  • Olá Tay! Muito boa a sua pergunta!
    Mas infelizmente elas não previnem contra as doenças transmitidas pelos carrapatos.
    Portanto, mesmo com as vacinas em dia, ela não está protegida contra às doenças dos carrapatos.
    Abraços

  • Olá Priscila, tudo bom?!
    O que pode ter acontecido é ter tido algum animal com carrapatos que tenha ficado por ai perto e ele trouxe os carrapatos com ele. Ou mesmo os micuins (carrapatos recém saídos dos ovos, podem ser trazido pelo vento!!!
    O azeite de oliva não deve ter grandes efeitos, principalmente a longo prazo. Nunca vi ninguém falar disso…
    Utilize o que já é comprovadamente eficaz para acabar com os carrapatos. Economizar nesta hora pode sair muito caro depois!
    Abraços

  • boa noite,estes comentários ajudaram muito. tenho uma cachorra que esta com carrapato e esta dificil de eliminalos. nao sei como ela pegou ,mais a infestação e grande ,tento tratar o ambiente e ela. gostaria de saber se estes carrapatos podem sobreviver sem estar nos cachorros pois ja faziam meses que nao apareciam e derepente esta tudo infestado.

  • Olá Adriana, boa tarde!
    Eu não tenho experiência com o óleo de neem, mas já ouvi falar… e quem vende, diz que tem um bom efeito… mas eu não posso comprovar isso. Só testando mesmo para ver se funciona ou pesquisando na internet com pessoas que já usaram.
    Boa sorte.

  • Olá Edson!
    Qualquer tipo de produto inseticida que se aplica no ambiente, o ideal é que todos os abitantes saiam do local durante e até umas 2 a 4 horas após, para que o cheiro tenha saído.
    Mesmo os inseticidas sem muito cheiro "evidente", ainda sim são prejudiciais as pessoas e animais se ficar no ambiente.

  • Olá Elis, tudo bom?!
    Muito obrigado!
    Os carrapatos que parasitam os cães tem preferência por eles, mas podem picar outros animais, como os seres humanos e os gatos… mas sempre que tiver um cachorro, eles vão dar preferência a eles.
    Esses inseticidas devem ser reaplicados pelo menos a cada 2 semanas, e se a infestação for muita, pode ser toda a semana até que você consiga controlar… o problema é que muitas vezes o problema mora ao lado… e não propriamente na sua casa…

  • Olá Robson!
    Primeiro você deve ter certeza que o seu animal está se coçando por causa dos carrapatos… pois pode ser alergia a outras coisas… só o veterinário examinando para te ajudar.
    Se o seu gato foge e traz carrapatos ou pulgas, evite que ele fuja. Para isso, use telas nas janelas e impeça dele sair da casa.

  • Olá Natalia!
    Olha, eu prefiro não opinar neste caso, afinal de contas, seu animal já foi medicado e atendido por um veterinário… recomendo sim, que você entre em contato com o veterinário que o atendeu e relate isso a ele.

  • Olá Tamara!
    Que bom que gostou do artigo! =D
    Bem, se você ainda não se mudou, o primeiro que você deve fazer é utilizar os produtos inseticidas em toda a casa e no quintal (em todos os lugares possíveis). Faça isso pelo menos 3 vezes em um intervalo de 2 semanas. E é claro, só leve seu animal tendo já aplicado algum carrapaticida 2 dias antes.
    Abraços

  • Olá Sandra!
    Fica difícil de saber que bicho é só por esta sua descrição. Pode ser um outro tipo de carrapato ou mesmo piolho.
    O ideal é levá-lo num veterinário para ter certeza e ver o melhor tratamento.

  • Olá Isabele!
    Muito obrigado! Que bom que gostou do artigo!
    Primeiro de tudo, não exite vacina contra carrapatos, nem para cavalos, nem para cachorros e nem para nenhum animal. Existe sim uma medicação que é aplicada por médico veterinário e ela dura em torno de 30 dias. Se for feito na dose certa e por um veterinário, é uma opção.
    Abraços! =D

  • Olá! Possuo uma cadela Golden Retriver. Ela está gravida. Minha casa está infestada de carrapatos. Estou tentando fazer a detetização com produtos como o Triatox, já que não posso aplicar nada nela, por conta do risco com a ninhada. No entanto, não tenho obtido resultados satisfatórios. Gostaria da ajuda de vocês. Grato. Rodrigo

  • Meu cachorro apareceu com uns carrapatos minúsculos, levei a um veterinário que deu a ele um comprimido e me indicou o spray para o ambiente (apartamento). O cão já usava a coleira anti carrapato, mas mesmo assim, após alguns dias após a visita ao veterinario apareceram feridas no local onde estava o os carrapato. Estou pensando em utilizar a pipeta concomitantemente, com o comprimido e a coleira. É uma boa opção?

  • gostei de tudo o que li e ouvi, estou sofrendo com os carrapatos eu tenho um pequinez com muito muito muito pelo, por isto é muito difícil , mas creio que agora vai resolver a minha casa também tem muitos móveis sou antiquária , e moro aqui na baixada que também é muito complicado pois a população canina é grande. moro na avenida , muitos cães .

  • boa tarde dr. tenho ma cadelinha pincher de 7 anos, a 6 meses vem aparecendo surtos de carrapato em minha casa, desta ultima a +ou- 3 semanas começaram a aparecer micuins e carrapatos pequeninos avermelhados, quase não da para ver este. Ocorre que estamos no período de chuvas em meu estado e não entendo o porque desta infestação. nunca houve caso de carrapatos em minha residencia; mas desde ano passado começaram a aparecer, primeiro foram daqueles carrapatos grandes e o estrela, agora estes sumiram e começaram a aparecer aqueles comentado logo acima. O que posso fazer a respeito; li na net, que passar azeite de oliva nos pelos do cachorro ajuda.

    se for atendida agradeço.

  • Olá Dr. As vacinas como V8 ou V10 previnem contra as doenças associadas a estes parasitas? Estou enfrentando um problema com minha cadelinha e carrapatos no momento além de utilizar as suas dicas que li hoje ainda estou preocupada com a sua saúde, estando com a vacina em dia, ela está protegida contra a doença do carrapato? Obrigado!

  • Olá dr. Tenho um yorkshire . Há um mês ele perdeu totalmente a voz e ficou rouco. Levei ao veterinário que receitou Biodex e Doxitec. Ele voltou a latir , mas às vezes ainda percebo que está com o peito cheio, apesar de o veterinário dizer que não. Mas enfim, hoje tive um susto ao vê-lo fazer xixi da cor de café. Retirei 3 carrapatos dele esta semana e também não consigo por fim aos carrapatos e pulgas. Estou super assustada dr. O que será que ele tem?

  • Olá!Tenho sérios problemas com carrapatos vejo muitos nas paredes,no chão,nas roupas e etc.Também há muitos nos meus cachorros como minha casa e muito grande e a área de lazer e feita por grama e cimento não sei de onde vem todos eles.Há nos paninhos e nas casas dos meus cachorros muitos também tem nas orelhas,virilhas,entre dedos,axilas.Já apliquei talcos,venenos liquidos misturados com água,comprimidos e também ja apliquei várias vezes no local onde eles vivem mas não acaba!!!!!Oq fasso.

  • Olá! Não sei mais o q fazer,acabei de me muar para uma casa e tenho uma cadelinha,sendo q a casa e a cadela estão infestadas de carrapatos,acho carrapato em toda parte…nas roupas, andando pelas paredes, no teto,etc…não aguento mais não sei mais o q fazer!!! Tenho 2 filhos, um de 8 anos e um bebê de 3 meses!!! Não sei como vou tratar a minha casa por causa do meu filho mais velho q sérios problemas alérgicos e por causa do meu bebê principalmente !!!! Por favor me dê uma dica? Me ajudas! Estou desesperada e com medo dos carrapatos morder em meus filhos!!!!

  • Olá! Tenho duas cachorras e estou tendo problemas com infestação por carrapatos. Agora apareceu um outro tipo (creio que seja carrapato também) de sanguessuga; ele é branquinho, e fica preto depois de alimentar (ele parece com o bicho de feijão); basta uma leve pressão sobre eles para que eclodam. Meus aninais estão infestados desse bicho, peguei vários deles subindo pela parede da minha lavanderia, e muitos outros no corpo das minhas cadelas. O que devo fazer? Que bicho é esse? Obrigada.

  • Olá.
    Ótimas orientações, gostei do artigo. Está bem claro. Parabéns!
    Tenho um labrador macho de 7 anos e nós estamos com sérios problemas com carrapatos. Como ele é de grande porte, me sugeriram usar vacina de cavalo contra carrapato, pode? Ou isso não é aconselhável?
    Forte abraço!
    Grata
    Isabele e Lion.

  • Olá! gostei muito do seu artigo!
    Estou com um problema grande. Irei me mudar para uma casa nova e hoje descobri que ela esta com uma infestação absurda de carrapatos por todo o quintal. Não sei que o que fazer. Como posso acabar com a infestação antes da mudança? obs.: Sou tutora de um cão e não quero que ele seja contaminado.
    Agradeço!

  • Excelentes orientações! Aproveitando, queria tirar uma dúvida, tenho cães e gatos. Os cães nunca tiveram pulgas, mas volta e meia aparecem com um carrapato aqui outro ali. Já os gatos nunca pegaram pulgas ou carrapatos. Os gatos são menos suscetíveis à infestação de carrapatos? Outra coisa, tenho um gramado no quintal e acho que esse é o problema. Passar veneno (daqueles que dilui em água) uma vez por mês é suficiente?

  • Bom dia!
    Eu tenho uma Yorkshire de 9 meses e uso a pepita regularmente. El nunca teve problemas com carrapatos, porém tenho notado de 2 dias para cá ela se coçando muito e alguns machucadinhos de alergia, só que achei 5 carrapatos nela. Fiquei desesperado, pois ela só fica dentro de casa e toda área que ela fica tem piso. Mas tenho um gato que faz uso da pepita também, porém ele foge todos os dias para a rua e com certeza deve estar trazendo para dentro de casa, o que devo fazer?

  • Boa Tarde Alexandre,

    Tenho um lulu da pomerânia de 3 meses. Comprei ele vai fazer 2 meses, ele nunca saiu de casa.
    quando comprei percebi que ele estava infestado de pulga, nao achei carrapato (ele é muito peludo e dificulta achar os parasitas), levei ele no veterinário e passei frontiline spray.
    Agora ele foi diagnosticado com a doença do carrapato (babésia), ficou 1 semana internado e ficou muito mal (teve várias convulsões, parada respiratória, teve que fazer transfusão de sangue). Teve alta e está em casa tomando os remédios, inclusive gardenal para controlar as convulsões.
    Ele está muito agitado, ansioso, inquieto. Não dorme a noite, late a noite toda.
    e ele está tremendo muito e com muita fagida.
    É normal?? é efeito colateral dos medicamentos??

    Agradeço a atenção desde já.
    Natalia Labanca

  • Alexandre, Boa noite,

    Gostaria de sua ajuda, tenho um Yorkshire, de uns cinco meses para ca estou tendo serios problemas com carrapatos, já usei frontiline, no momento estou usando revolution, já usei no meuu quintal neguvon, mais achei o cheiro muito forte, não usei mais, pois fiquei com medo pois tenho um filho com necessidades especiais, e fiquei com medo do cheiro pudesse fazer mal para ele. Gostaria de saber se tem algum remedio que posso utilizar que não afetaria o meu filho. desde já agradeço a atençao dispensada.

  • Boa tarde,
    Tenho 2 cães SRD, um de pêlo curto e outro de pêlo longo (poodle), sempre eles aparecem com carrapatos, já tentei muita coisa, mas a casa ao lado tem vários cães de rua, que ao meu ver nem banho tomam…
    Ultimamente, depois de pesquisar na internet, comprei 01 litro de óleo de neem puro, e comecei outra guerra contra eles, pulverizando tudo, mas na embalagem só fala a dosagem, faltando formas de tratamento.
    Gostaria de saber se alguém tem mais informações, formas de utilização, se realmente estou no caminho certo, se realmente faz efeito (espero que sim)…
    De qualquer forma agradeço por qualquer informação.
    Obrigada,
    Adriana.

  • Olá Ana!
    Os carrapatos podem vir do "vizinho" pelo muro ou pode pegar durante um passeio na rua.
    Como você pega pouco e apenas de vez em quando, ainda não deve ter uma infestação na sua casa, mas está vindo de algum lugar próximo (que também tenha bicho).
    Os pombos não são problemas, pois os carrapatos do cão não "pegam" os pombos.
    As pipetas normalmente devem ser repetidas a cada 30 dias.
    Dar banho com carrapaticida só é indicado em grandes infestações (não é o seu caso), além disso, não tem efeito residual.
    Para o ambiente, uso os carrapaticidas específicos para o ambiente.
    Abraços

  • O post foi muito esclarecedor. Mas tenho uma dúvida enorme: Vez ou outra encontro um ou dois carrapatos na minha cachorra. foram umas 4 ou 5 vezes que isso aconteceu, mas depois de retirar aquele aparente, meu marido e eu procuramos por todo o corpo (incluindo os vãos das patas, orelhas, pescoço e dobrinhas) e não vimos mais nada! Passa umas semanas, e lá aparece mais um carrapato solitário.
    Como saber se há infestação ou se eles estão vindo isoladamente?
    No apartamento que morávamos há 3 semanas tinha varanda e sempre apareciam pombos lá. No apartamento novo também tem pombo que fica pousando no ar condicionado, pelo de fora. Nós já aplicamos a pipeta mas ainda aparece vez ou outra. Estou pensado agora em dar banho com carrapaticida e usar o mesmo para limpeza do ambiente.
    Alguma orientação específica?

    ps: Até agora só vimos carrapatos machos.

    Att.
    Ana

  • Olá Rosa. Que bom que gostou do artigo!
    Sim, estes carrapatos são os mesmos que transmitem a doença do carrapatos para nossos cães. Infelizmente ela é muito comum e as pessoas acabam perdendo seus animais por não prevenirem eles de terem carrapatos.

  • Dr. Alexandre, primeiramente parabéns pela Dica, foi bem detalhada nas indicações.

    Minha duvida é se estes carrapatos são os mesmo da DOENÇA DO CARRAPATO??

    Tenho alguns conhecidos que o cães foi infectado por essa doença e venho a óbito.

  • Olá Alexandre, primeiramente gostaria de parabeniza-lo pela matéria e por esse cantinho especial com dicas para os nossos bichinhos rsrs
    Tenho um poodle, e vez ou outra encontro um carrapato nele, sempre dou banho, passo o talco, mas parece que em certas épocas do ano, principalmente quando o clima está seco há um aumento de carrapatos.
    Gostaria de saber se tem algum mês especifico que há o aumento de carrapatos ou se é impressão minha rsrs
    Desde já agradeço sua atenção!!

  • Olá Daniel.
    Uma boa forma de matá-lo é colocá-lo num pote com álcool e misturar, de forma que eles afundam.
    Esmagá-los no ambiente poderia ocasionar a liberação de ovos, caso a fêmea esteja engurgitada (cheia) e desta forma, poderia acabar sobrando ovos viáveis.
    Que bom que gosta das dicas, fico feliz de saber!
    Um abraço

  • Boa tarde Alexandre. Sobre o carrapato que a gente encontra no ambiente, qual a forma correta de mata-lo? Acho que esmaga-lo no ambiente seria incorreto, ou estou errado? Excelentes suas materias, muito esclarecedoras! Parabens!

  • Olá Lucilia! Muito boas as suas perguntas!
    Normalmente o carrapato para transmitir a doença, precisa ficar de 12 a 24 horas "grudado" sugando o sangue do cachorro. Mas basta apenas um carrapato contaminado para que ele transmita a doença para o seu cachorro.
    O animal pode ser infestado de carrapatos mesmo estando em uso de medicamentos contra a doença, pois a medicação não mata o carrapato e muito menos repele ele.
    Um abraço

  • Alexandre, parabéns pelo excelente artigo. Tenho dois cachorros, um SRD e um Golden, vira e meche eles pegam carrapatos e eu sempre arrancava, não sabia que não podia. Obrigado por todas as dicas.

  • O carrapato pode picar o animal uma única vez e ele ficar contaminado? Ou ele precisa grudar
    na pele para transmitir a doença? O animal pode ser infestado novamente estando em uso de medicamento contra a doença?

  • Olá Julhiana!
    Pelo visto a sua cadela é alérgica a picada de pulgas e de carrapatos. Você precisa levá-la a um médico veterinário para que ele a examine e trate da melhor maneira possível. Não posso medicar nenhuma animal sem examiná-lo.
    Desculpe não poder ajudar mais.
    Boa sorte!

  • Olá , Minha cachorrinha está com algumas feridinhas que parece que está com casquinha em cima ela é uma maltês com bichon frisé de 1 ano e 5 meses ela tem 18cm de altura e 24 cm de comprimento e pesa em torno de 1kg à 2,5 e ela tem comido pouco , dorme bastante hoje achei 3 pulgas nela e durante o banho dela da semana passada eu achei 1 carrapato como aquele da foto de lá de cima um vermelhinho cheio de patinhas , Só tenho 14 anos e não entendo muito dissos e meus pais são tem condiçoes finaceiras para poder arcar com gastos muito altos ,,
    Queria saber oque seria melhor eu usar nela , por que ela tem alergia á desinfetante Veja , Ao Cloro ..
    E tem algumas partes nela avermelhadas , e os pelos dela tem ficado menores e ela se coça não muito , mas quando coça ela chora :'( .. Fico com pena , mas não sei o que fazer .. eu tenho um talco Anti Pulgas da marca PREVIN e eu usava um shampoo antipulgas da marca Bulldog …
    Susy é branquinha e bem peluda !
    Lhe envio fotos pelo G-mail ..
    Obg !

  • o problema é não termos nomes dos produtos eficientes como eu q estou ha 6 meses comprando pepetas, aerosois, coleiras, remedios , ha uma infinidade de produtos, justamente pra tirar dinheiro. gostaria de encontrar nomes , acertei com uma coleira , mas tive q comprar varias. gastei uma média de 500 reais por conta dos carrapatos e olho 2 vezes por dia o pelo do cão. este mercado é absurdamente caro, por isto prefiro a internet para a compra dos produtos q geralmente sai 40 por cento mais barato do que perto de casa. fica a dica.

  • Olá Michelle! Que bom que você está gostando do blog!
    Desculpa estar te responde só agora, mas eu já tinha visto o seu comentário e achei que já tinha respondido…
    Na verdade, não vejo necessidade de tosa o animal, qualquer que seja. Se você tomar os cuidados que eu passei aqui, você terá um bom resultado. É claro, que se o ambiente estiver muito infestado, isso vai ser mais difícil, mas o mais importante é depois que fizer um primeiro ataque de desinfestação do ambiente e do animal, passar a fazer os preventivos nos dois. Boa sorte!

  • PARABÉNS pelas valiosas informações…. está faltando conteúdo mais sérios como esse na internet… Meu cachorro é da raça Golden Retriever e está com pulgas…. imagine aquela pelagem toda… vou levar ele pra tomar banho, enquanto ele está lá, vou passar produto misturado com água e lavar todo o quintal. Estava pensando em pedir pra cortar um pouco mais o pêlo dele… é necessário? Obrigada

  • Vilson Santos, obrigado por compartilhar a sua experiência!
    Como você mesmo disse, tem que tomar muito cuidado ao manipular um maçarico e por isso eu prefiro não indicar. Mas realmente, ajuda sim a combater.
    Um abraço e volte sempre!

  • para desinfectar áreas quem não corre o risco de queimar, uso "vassoura de fogo" um método que os fazendeiros usavam há muito tempo, depois que aprender, já que tinha muitos cães, meus problemas acabaram, só aconselho que aos iniciantes tenham cuidados com o lança chamas, mas tirando esta questão foi o melhor resultado e custo beneficio. carrapatos em muro ou calçado por causa dos cães vadios nunca mais.

  • Olá Evelyn Vasconcellos! Muito obrigado pelo seu comentário e pergunta!
    Bem , eu mesmo já usei a "vassoura de fogo" nos canis de um sítio que o meu pai tinha e ajudava sim, mas como era sítio, o carrapato sempre voltava. Mas porque eu não indico e nem cito ela no texto, justamente pelo perigo que é fazer isso. Perigo para quem manuseia, perigo de colocar fogo em algum lugar e ela não tem efeito residual nenhum. Só funciona para matar os carrapatos e ovos onde você conseguiu passar o maçarico. No seu caso, você conseguiu um resultado melhor porque usou o spray junto. Mas eu prefiro não indicar por conta dos riscos, ok? E acaba que não é uma opção muito boa… digo isso por experiência própria. Um abraço e volte sempre!

  • Na minha casa teve uma infestação de carrapatos e eu usei a vassoura de fogo (maçarico) para o ambiente (longe dos animais, para que fique claro para todos!!!), juntamente com um produto em spray para os cachorros e funcionou super bem, Graças a Deus pq eu já estava ficando louca. Suas dicas são ótima, gostaria de saber o que você acha da vassoura de fogo, se conhece e gosta ou não, já que nao colocou no post.

  • Olá! Olha, nestes ambientes super infestados de carrapatos como o que você está me dizendo, é quase impossível que o seu animal não pegue pelo menos 1 carrapato mesmo utilizando os melhores preventivos. Mas para você ter uma melhor resposta, o ideal é que você utilize uma pipeta de reconhecido poder de eliminar carrapatos, pelo menos 48 horas antes de você levar o seu animal para este ambiente super contaminado. Recomendo associar um comprimido contra as pulgas, mas será necessária uma orientação de um médico veterinário que possa examiná-la. Boa sorte!

  • Seria suficiente a pipeta pra minha cadelinha estar protegida para estar no sítio da minha família pela primeira vez onde há 3 cadelas grandes que estão sempre infestadas de pulgas e carrapatos?

  • Sonia Mortani, esta situação é a mais difícil. Você tem um ambiente muito contaminado e não consegue colocar veneno nele todo. A melhor forma de combater é usando os inseticidas nos locais onde os cachorros mais ficam uma vez por semana e colocar os spot-on nos animais dois dias depois do banho com carrapaticidas. Desta forma você conseguirá diminuir, mas realmente vai ser difícil conseguir acabar, pois o ambiente sempre vai estar infestado. Boa sorte! Ah, lembre-se de tirar os animais quando for usar o inseticida nos locais onde eles ficam!

  • Meu vizinho mora em um chácara, e seu cão está lotado de carrapatos e pulgas, tenho dado banhos quase que diários com carrapaticida, mas os bichos estão me vencendo! Como cuidar de uma área tão ampla ?

  • Olá Cecilia! Realmente os carrapatos são um problema sério e devemos aprender a evitá-los da melhor forma possível. Espero que seus próximos cachorros não tenham mais esse problema! Muito obrigado pelo seu comentário!

  • Já tive cachorro que morreu por conta da doença do carrapato (erlíchia) e faltou a orientação na época sobre como lidar com a infestação. Tive de aprender só com a experiência, e meu animais ainda tiveram carrapato por algum tempo. Gostei muito das informações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *