Os 3 Perigos do Natal e do Ano Novo para Seu Cachorro


O Natal e o Ano Novo estão  chegando e para a grande maioria das pessoas é um momento de confraternização, de festas, para ficar com a família e lembrar os entes queridos que já se foram…
Agora, justamente por este clima de festa, temos que ficar atento a 3 importantes fatos que podem ocorrer na noite de natal e na virada de ano.
1)      Excesso de comida e/ou petiscos
2)      Excesso de bebidas alcoólicas
3)      Fogos de artifícios
No primeiro caso o que pode acontecer são duas situações distintas (mas nem tanto)… A disponibilidade de comidas diferentes, super temperadas, incluindo muitos doces, pode ser um desastre para o sistema gastrointestinal do seu cachorro.
 
Nestas festas sempre terá aquele seu parente ou amigo (ou até mesmo você) que vai ficar dando todas as comidas que ele conseguir para o seu cachorro até ele não aguentar mais, definitivamente!
Acontece que muitas destas comidas são tóxicas e proibidas para cães…
Não são apenas os gases que ele vai ficar soltando que vão incomodar você… além de incomodar bastante o seu cachorro, ele também terá uma diarreia que pode ser branda ou até grave, dependendo do que ele comer e da quantidade.
E o pior, dependendo da situação, seu cachorro pode até desenvolver uma pancreatite aguda, que leva a um quadro de muita dor abdominal, junto com vômitos e também diarreia, muitas vezes acompanhada de sangue.
Na outra situação, temos os donos de cachorro que resolvem liberar de tudo quanto é petisco para ele, pois afinal de contas é Natal! Compram panetone, “chocolate” para cachorro e petiscos e mais petiscos e de fato, vai acontecer a mesma coisa… diarreia no mínimo!!!
 
Só que no meio disso tudo, temos que lembrar de um detalhe que todos os donos de cães só vão se lembrar quando precisam… na noite de Natal, há uma escassez de médicos veterinários fazendo plantão… ou seja… você terá uma dificuldade enorme de encontrar uma clínica veterinária aberta…
O segundo ponto é em relação às bebidas alcoólicas…
As pessoas nestas festas costumam beber mais que o normal, principalmente na virada de ano… com isso podem acontecer duas coisas. A primeira é que o cachorro poderá ter acesso a essas bebidas e muitas vezes eles gostam de beber…
Acontece que o álcool no organismo do cão, além de prejudicar muito o fígado, também pode gerar mudanças de comportamento, deixando até um cão dócil, agressivo!
 
E o outro problema é que as pessoas bêbadas, perdem a noção e podem fazer coisas bizarras com seu cachorro, desde jogar ele na piscina, dar qualquer bebida alcoólica para ele e dependendo da situação, até maltratar o animal!
 
Portanto, fique muito atento com essas pessoas!
E os fogos de artifícios são um outro caso a parte. Sugiro que você assista ao vídeo que fiz dando dicas sobre como lidar com os casos de fogos de artifício.

 
Mas adianto que muitos cachorros ficam tão assustados, que podem acabar fugindo da sua casa, se jogando por uma janela ou mesmo se escondendo em buracos que ele não conseguiria mais sair!
Se você é um dono consciente, já irá procurar saber quais clínicas veterinárias estarão abertas nestes períodos, evitará que seu cachorro se entupa de besteiras, afastará ele daquele seu parente bêbado e principalmente, saber deixar ele calmo e tranquilo para encarar os fogos de artifício!

 

 


Recomendados Primeiro Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *