Raça Pinscher: Tudo o que Você Precisa Saber!


A Raça Pinscher é um tipo cão com uma fama pouco simpática. Mas nem toda fama se justifica…

 

A palavra pinscher, em Alemão, significa “mordida”. A palavra passou a denominar este cão devido ao seu hábito de pular e morder de maneira feroz sua caça.

 

 

As redes sociais estão cheias de vídeos, memes e piadas com o que é “50% ódio, 50% tremedeira”.

 

Mas isso é uma grande injustiça com este pequeno e lindo cão que é classificado cão de guarda.

 

Sim, de guarda! Pois é o primeiro a avisar quando aparece algum estranho em seu território.

 

Origem da Raça Pinscher

Muita gente diz que ele é descendente do Doberman, mas nossos pequenos surgiram bem antes deste primo distante.

 

Existem registros de sua presença na Alemanha, há mais de 200 anos atrás, porém, outros documentos e pinturas retratam sua presença bem antes disso.

 

Resultado do cruzamento entre o Dachshund (o famoso “salsicha”) com o Greyhound (aquele cão de corrida de aspecto magro e carente), o Pinscher foi registrado pela primeira vez no American Kennel Club(A.K.C.) do Brasil em 1925.

 

A Raça Pinscher é o resultado do cruzamento entre as raças Dachshund e Greyhound.

 

Raça Pinscher: Temperamento, Aptidões e Educação.

Eles têm uma personalidade muito forte, são bem ativos e cheios de energia, adoram uma boa brincadeira e são afetuosos enquanto cão de companhia.

 

Junte toda essa personalidade, a energia com o instinto marcante de proteger seu território e seu dono, daí temos o clássico cão da Raça Pinscher.

 

 

Diante de qualquer sinal de alguma coisa fora do comum, que possa invadir seu espaço eles latem para advertir o “invasor”, avançam para intimidar e protegem seu território e seu tutor de qualquer jeito.

 

Não têm muita paciência com crianças.

Aquele processo infantil do pegar, apertar, puxar orelha, certamente deixam o Pinscher nervoso e pode ser que ocorre um desentendimento entre as partes.

 

Por isso, não é seguro nem para a criança nem para o cão, pois ambos ficam expostos a uma situação de risco, que pode tanto traumatizar a criança, quanto machucar o cachorro.

 

 

Cuidado ao expor o Pinscher a crianças menores que 8 anos

O ideal é só deixar o Pinscher sozinho com crianças de 8 anos para cima.

 

Podem se dar bem com outros cães se forem socializados desde cedo. Se isso não acontecer, depois de adulto, ao chegar outro cão ou animal na casa, ele vai estranhar.

 

Até mesmo na rua, durante um passeio, se não for acostumado desde cedo com outros cães ele pode avançar em qualquer cachorro na rua (seja enorme ou menor do que ele).

 

 

É um cão muito inteligente.

 

Isto significa que ele precisa de poucas repetições na hora de gravar algum comando, porém o cão da raça pinscher precisa de um treinamento moderado para que ele não esqueça o que aprendeu.

 

Conselhos Sobre a Raça Pinscher

São muito leais ao lar em que habitam, absorvendo assim a dinâmica e comportamento da rotina dos moradores.

 

Uma casa aonde existe a calma e uma rotina com brincadeiras com o cão, assim como passeios e exercícios, contribui e muito para que o cachorro cresça mais equilibrado.

 

 

Ele tem uma índole curiosa. Portanto, objetos jogados pela casa serão confiscados pelo pequeno. Por isso, cuidado com o que pode fazê-lo engasgar ou se intoxicar como produtos de limpeza, remédios ou outros.

 

Por ser pequeno (cabe em qualquer cantinho) e muito ágil, ele pode fugir com muita facilidade, portanto, muita atenção ao abrir o portão ou deixar frestas em janelas ou portas.

 

 

Um cão puro da raça pinscher, tem menor tendência a ser histérico ou se agitar por qualquer motivo porque a raça em si, tem como característica a obediência.

 

Seu jeito de rosnar e latir desde filhote é de sua personalidade mesmo. Não atice isto porque é engraçadinho, pois depois, ele ficará muito difícil de se lidar ou conviver.

 

Quanto mais energia ele gastar, menos agressivo ele fica.

 

Características e Pelagem da Raça Pinscher

O tamanho da Raça Pinscher é em torno de 25 a 30 cm segundo os padrões da FCI (Federação Internacional de Cinofilia).

 

Pelos padrões da AKC (American Kennel Club) va altura é entre 28 e 29 centímetros.

 

Ele pesa em torno de 4 e 7 quilos.

 

Tem os pelos bem curtos, sem falhas e de aparência lustrosa.

 

 

Cores sólidas em diferentes tonalidades de castanho, preto e vermelho cervo ou black-and-tam (preto com mascas no tom castanho).

 

A cabeça bem delineada e mais longa. As orelhas podem ser cortadas ou não. As orelhas naturais podem ser caídas em forma de “V” ou ficam eretas.

 

A cauda é alongada e reta.

 

Tem uma expectativa de vida acima dos 15 anos.

 

Cuidados com a Saúde da Raça Pinscher

No geral o Pinscher apresenta uma boa saúde mas pode apresentar problemas hereditários.

 

Uma condição que pode acometê-los, é a luxação de patela, que é quando o joelho apresenta um certo deslocamento e como é um cão que pula bastante, ele pode sofrer algumas luxações ali.

 

Podem apresentar também Atrofia Progressiva da Retina que pode causar a cegueira do animal a longo prazo.

 

Esta condição é mais comum nos cães de meia idade ou os idosos. Não tem tratamento, mas o cão sabe lidar muito melhor com a perda de visão do que os humanos.

 

 

Ele pode ter a chamada Dentição Dupla (foto acima), que é quando os dentes de leite não caem totalmente e formam-se então os dentes encavalados ou duas fileiras de dentes.

 

A dentição dupla pode trazer problemas para a saúde bucal!

 

Uma intervenção do médico veterinário pode ser necessária para evitar problemas futuros. Assim o médico retira os dentes que deveriam ter caído e deixa só os dentes permanentes.

 

Isso evita problemas com a limpeza, o acúmulo do tártaro que podem trazer complicações e até mesmo a perda dos dentes.

 

Como tem o pelo bem curto, ele pode sofrer um pouco em regiões de frio intenso. Por isso, é recomendado proteger seu cãozinho com roupas bem quentinhas na época do frio.

 

 

Banhos frequentes não são necessários. Uma passada de toalha molhada com água morna pode dar conta de sua limpeza quando não vai acontecer o banho completo(que deve acontecer 1 ou 2 vezes ao mês).

 

Curiosidades sobre a Raça Pinscher

A raça Pinscher é considerada a menor raça de cão de guarda do mundo, estando no mesmo grupo que o Rottweiller, Doberman, Mastife, Boxer e o Dogue Alemão;

 

Não é uma miniatura do Doberman, ele é mais antigo;

 

Geralmente nascem de 2 a 4 filhotes na ninhada;

 

 

Em seu país de origem, na Alemanha, é conhecido como Zwegpinscher, ou “anão mordedor”;

 

No filme “Legalmente Loira”, era o cãozinho de estimação da protagonista;

 

Andar na guia, ficar em um lugar determinado e vir só quando é chamado são comandos essenciais para se ter um Pinscher bem educado;

 

Costumam avançar em outros cachorros, são briguentos. Daí a importância de uma boa educação e adestramento;

 

 

Latir muito é uma forma de compensar seu tamanho reduzido frente a outros cães no intuito de amedrontá-los.

 

Os Filhotes da Raça Pinscher

 

 

Se for escolher um filhote de Pinscher, lembre-se destas dicas:

  • Procure por um filhote de tamanho médio. Os menores são mais agitados e mais difíceis de lidar;
  • Fêmeas menores poderão ter problema no parto, futuramente;
  • Sempre procure saber sobre os pais dos filhotes: aparência, temperamento, saúde;
  • É preciso cuidado redobrado com os filhotes. Como são muito pequenos pequenos acidentes podem acontecer como sentar em cima deles, engasgar com objetos que ficam presos na garganta ou medicamentos, frestas de janelas podem proporcionar quedas.

 

Assim como todo bichinho de estimação, as visitas ao Médico Veterinário têm de ser periódicas.

 

Todo cão deve visitar o Médico Veterinário com regularidade

 

Não espere seu cãozinho ficar doente para fazer uma consulta.

 

Manter a carteira de vacinas atualizadas também é prova de amor ao cão.

 

Sendo assim, manter seu Pinscher saudável, bem alimentado e gastando energia em passeios e brincadeiras faz bem para todo mundo.

Recomendados Primeiro Para Você: