5 erros comuns na adaptação de um filhote em casa.


O momento mais delicado da relação entre os humanos e os filhotes é o da chegada e adaptação dele na casa. Pensando nisso tome cuidado para não cometer erros comuns na adaptação de um filhote em casa.

A chegada do filhote em casa é sempre um momento esperado por todos da casa. O problema é que muitos esquecem que junto com o cãozinho chegam responsabilidades novas, rotinas novas e o mais importante, o cãozinho também é um ser vivo com necessidades e vontades. Além disso, eles estão descobrindo o mundo e tudo pode ser interessante, principalmente o que está no alcance deles.

Veja quais são os erros mais comuns na adaptação de um filhote em casa:

  1. Comida

Dar comida ao cão nos coloca em um local importante para ele, principalmente quando usamos essa questão para treiná-los. Deixar comida sempre à disposição do cãozinho nos tira a possibilidade de barganhar um bom comportamento deles. O reforço positivo é sempre a melhor forma de treinar o seu animal e a comida sempre será a opção preferida por ele.

  1. Condicionamento por latidos e choramingos

Ceder ao choramingo ou ao latido do filhote por falta de paciência é um erro clássico. Até os 3 meses de idade os cães ficam em total companhia da mãe dos outros filhotes e quando eles chegam em nossa casa precisam entender que irão passar algum tempo sozinhos.

A fase inicial pode ser bem cansativa para você, para ele e para toda a família, mas eles vão entender. Tente criar desde o princípio uma associação positiva ao local da caminha dele e dê preferência para locais pequenos, para que eles se sintam protegidos.

  1. Estimulação excessiva

Correr atrás da bolinha é muito legal, o primeiro chinelo destruído pode ser até engraçado, mas a excitação extrema pode gerar comportamentos negativos. Os filhotes estão aprendendo tudo a todo momento, por isso aproveite os momentos de brincadeiras para treiná-los também e sempre tomando cuidado com o limite de cada animal.

  1. Carinho demais

O contato físico é algo da necessidade humana e transferir isso para os cães pode ser prejudicial. Os cães nos veem como os superiores da matilha e demonstração de contato e “carinho” extremas são sinais para eles de submissão. Ou seja, se você agarra demais o seu filhote ele pode começar a achar que você está sendo submisso a ele e qualquer tentativa futura de adestramento ou treinamento pode se tornar mais difícil. 

  1. Espaço ilimitado

Supervisão 24 horas do dia é o que eles precisam nos primeiros meses da sua casa. Por isso, para nos ajudar, limitar os locais que o animal tem acesso é o ideal. Os objetos pela casa sendo destruídos, alguns xixis em locais errados ou até mesmo o cocô são normais de vez em quando, mas quanto mais limitado o espaço, mais fácil será do filhote achar e entender qual o lugar correto para as necessidades.

Gostou? Você pode curtir também:

ACHORRO NOVO? Saiba como preparar a casa!

Fique atento(a) às nossas redes sociais, sempre trazemos novidades e dicas para seu pet 😉

INSCREVA-SE também no canal do Youtube! 
https://www.dicasboaspracachorro.com.br/youtube

Nosso Blog:
https://www.dicasboaspracachorro.com.br

Siga-nos nas redes sociais:
https://instagram.com/dicasboaspracachorro
http://www.facebook.com/dicasboaspracachorro