Banho em cachorro: Qual a frequência ideal?


Banho em cachorro é um assunto muito importante entre os pais de pets. Você sabe qual a frequência ideal?

Que o banho mantém o pet limpinho, cheiroso e oferece bem-estar, isso é fato incontestável. A grande questão, e a que vamos desvendar neste artigo é: qual a frequência ideal para os banhos em nossos cachorrinhos?

Depois de uma brincadeira na piscina ou na terra não existe nem a possibilidade de não ter banho para os nossos cãezinhos. Mas fiquem atentos, banhos com muita frequência podem ter alguns efeitos colaterais como:

  • Ressecamento da pele;
  • Interferência em tratamentos; e ainda 
  • Provocar algumas doenças de pele.

Não existe uma regra para a frequência ideal desses banhos, portanto devemos ficar de olho a alguns fatores que vão influenciar diretamente neste intervalo, podendo citar 3 como fatores principais:

  • O tipo da pelagem do cão; 
  • Os hábitos diários dele; e 
  • O estado clínico do cachorro.

No geral, podemos dizer que uma vez a cada quatro semanas seria o ideal, mas como falamos, pode variar. Filhotes de cães, por exemplo, normalmente devem aguardar o término das vacinas para tomar banho, sob pena de baixar a imunidade.

A conformidade física dos cães, caracterizada pela dobra da pele em algumas raças  como Shar-pei, Pug e Mastim Napolitano, também exige cuidados especiais, onde a higienização pode ser feita frequentemente com o auxílio de lenços umedecidos.

A pelagem do animal também vai ter uma grande influência nos números de banhos por mês do cachorro. Em cães com pelagem curta, incluindo grande parte dos SRD’s (Sem Raça Definida) os banhos podem ser dados quinzenalmente.

Quando o pelo do cão é denso, composto por pelo e subpelo, como é o caso do Chow Chow, o intervalo do banho pode ser mensal. Já cães com pelagem longa e comprida, em forma de manto, como é o caso das raças Maltês, Yorkshire e Shih-tzu, podem ser dados semanalmente.

Como falamos, os hábitos do cãozinho também vão influenciar nessa tomada de decisão. Se o seu cachorro brinca no quintal aberto, piscina, frequenta praia ele pode precisar de mais banhos que os outros. Porém, o banho em excesso faz mais mal do que bem, pois remove a camada protetora da pele, deixando-a exposta à infecções.

O banho também tira a oleosidade dos pelos dos cães, que ajuda na manutenção da saúde dos pelos e em alguns casos até do animal.

IMPORTANTE!

Independente de qual seja a raça do seu cão, o banho deve ser dado sempre que houver necessidade, com produtos próprios para cães, água morna e secagem adequada.

 

Confira também outras matérias sobre banho em cachorro:

 Como dar banho em cachorro?
⇒ Banho e Tosa em Pet Shop é seguro?

 

Fique atento(a) às nossas redes sociais, sempre trazemos novidades e dicas para seu pet 😉

INSCREVA-SE também no canal do Youtube! 

https://www.dicasboaspracachorro.com.br/youtube

Nosso Blog:

https://www.dicasboaspracachorro.com.br

Siga-nos nas redes sociais:

https://instagram.com/dicasboaspracachorro

http://www.facebook.com/dicasboaspracachorro