Cachorro com diarreia, o que pode ser?


@dicasboaspracachorro veio falar sobre cachorro com diarreia, que para muitos pode passar despercebido, mas no fim pode ser um problema muito sério.

Solução simples ou problema sério?

Vamos falar sobre o “número 2” do seu cachorro. Você notou recentemente que seu cão está com diarréia? Existem vários motivos pelos quais os cães têm diarreia, alguns dos quais podem indicar um sério problema de saúde.

 

Cães e diarreia

Se seu cão está com diarreia, então você já está familiarizado com os sinais: fezes soltas e líquidas, com viagens frequentes para fora para aliviar o intestino. A diarréia em cães pode ocorrer repentinamente e durar de um ou dois dias até algumas semanas ou meses.

Se a diarreia do seu cão persistir por mais de um dia, a desidratação pode ser uma preocupação. A diarreia que dura mais tempo pode ser uma indicação de que seu cão tem um problema de saúde latente.

 

Então, quais são os motivos pelos quais seu cão pode estar com diarreia?

1. Mudança na alimentação

Uma mudança repentina na dieta pode perturbar o estômago e o trato intestinal do seu cão, causando diarreia. A regra geral é uma mudança gradual se você estiver trocando a comida do seu cachorro. A recomendação geral é aumentar lentamente o novo alimento do seu cão enquanto diminui o alimento atual ao longo de uma semana. Pense na tigela de comida do seu cachorro como o formato de uma torta com fatias iguais. A cada dia, troque uma “fatia” da ração atual antiga por uma ração nova.

2. Comeu comida estragada

Alguns veterinários se referem a isso como “intestino de lixo”. Isso significa que seu cão comeu algo (talvez da lata de lixo ou restos de comida) que causou dor de estômago. Embora a maioria dos casos de intestino de lixo sejam leves, isso depende do que foi consumido: seu cão pode desenvolver pancreatite, que é mais séria e requer cuidados veterinários.

3. Infecção bacteriana e doenças virais

A diarreia do seu cão pode ser causada por bactérias encontradas em carnes cruas ou mal cozidas, carne deixada de fora por algum tempo ou em vegetais em decomposição. Estudos mostram que os cães podem pegar uma infecção bacteriana se colocados no canil com outro cão que a tenha. A diarreia pode ocorrer a cada duas a quatro semanas e pode durar anos. Verifique as fezes do seu cão para ver se há muco brilhante na superfície e sangue fresco.

Doenças virais como a Parvovirose (especialmente em cachorros), cinomose, coronavírus e outros rotavírus também causam diarreia com mau cheiro. Essas doenças virais são altamente contagiosas e podem ser fatais; os sinais incluem letargia, vômitos, falta de apetite, febre e, na cinomose, tosse. Recomenda-se cuidado veterinário imediato.

4. Parasitas intestinais

Os parasitas intestinais são mais comumente encontrados em fontes de água externas (poças, lagoas, água estagnada) e nas fezes dos animais. Se seu cachorro bebe água contaminada ou come fezes, é possível que ele tenha consumido cistos parasitas eliminados nas fezes que abrem a porta para os parasitas viverem em seu intestino. Isso causará diarréia que pode parecer espumosa, oleosa, com uma grande quantidade de muco e um odor muito forte. Seu veterinário tratará seu cão para eliminar o parasita.

5. Comeu substância tóxica

Um dos primeiros sinais de que seu cão pode ter comido algo venenoso ou tóxico é a diarréia frequente.

Os culpados tóxicos podem incluir plantas como narcisos, hera, campânulas, visco, azevinho e madressilva. Cogumelos selvagens, protetor solar, medicamentos e vitaminas para humanos (especialmente vitamina D), bolsas de gelo, sachês de sílica gel encontrados em produtos sensíveis à umidade, giz e carvão podem prejudicar seu cão.

Leia mais sobre plantas toxicas e animais de estimação e medicação e os riscos de intoxicação.

6. Reação alérgica

Se o seu cão está tendo uma reação alérgica, o sistema dele – reconhecendo o problema – tentará eliminar os alérgenos. Um sinal: diarreia. Outros sinais a serem observados no caso de diarreia são causados por uma reação alérgica: olhos lacrimejantes, espirros, lambidas constantes das patas, mastigação das patas, aumento de arranhões, especialmente ao redor da base da cauda e pele vermelha, úmida ou com crosta e coceira.

Uma reação alérgica pode ser desencadeada por muitas coisas; você precisará de orientações do seu veterinário para descobrir de qual substância é a fonte. Leia mais sobre alergias à pele de animais de estimação.

7. Comeu um objeto estranho

A curiosidade de um cão pode levar ao consumo de alguns objetos muito interessantes. Infelizmente, muitos desses objetos estranhos podem se alojar no estômago ou no intestino delgado do seu cão e representar uma grave ameaça à vida dele. A diarreia é comumente associada à obstrução por corpo estranho. Outros sinais a serem observados: vômitos, sensibilidade ou dor abdominal, falta de apetite, constipação, letargia e comportamento agressivo ao toque.

Embora isso seja muito sério, seu veterinário pode determinar rapidamente se esse é o problema. Leia mais sobre a ingestão de corpo estranho ameaça animais de estimação.

8. Doença do intestino irritável

A doença inflamatória intestinal ocorre quando as células inflamatórias invadem cronicamente o intestino do seu cão. A causa é desconhecida. O sintoma mais comum da DII, quando o cólon está envolvido, é a diarreia. Um outro sinal de DII é a perda de peso. Seu veterinário pode diagnosticar a condição e discutir um plano de tratamento para que seu cão recupere a saúde.

9. Efeito colateral da medicação

A prescrição do seu cão pode causar diarreia como efeito colateral. Os medicamentos que causam diarreia incluem bloqueadores do receptor NMDA e AINEs (antiinflamatórios não esteroidais usados ​​para o alívio da dor). Freqüentemente, é o aditivo adesivo – a substância de ligação (como a lactose) adicionada ao medicamento que está causando a diarreia. Saiba mais sobre medicamentos tóxicos para animais de estimação.

Certifique-se de discutir quaisquer efeitos colaterais com seu veterinário, pois uma mudança na medicação pode ser benéfica.

10. Doença renal ou hepática

A diarreia é um sintoma comum em cães com doença renal ou hepática. As causas da doença renal incluem idade, trauma, ingestão tóxica, câncer, parasitas, amiloidose (depósitos anormais de proteína nos rins), doenças congênitas e infecções bacterianas. Outros sinais de um problema de saúde sério incluem postura curvada, falta de vontade de se mover, perda de peso, vômitos, sangue presente na urina, falta de apetite e aumento ou diminuição da urina.

Uma visita ao seu veterinário ajudará a determinar a causa exata da diarreia do seu cão. Não espere para agendar um exame se o problema persistir por mais de alguns dias.

Cachorro com diarreia | Quando chamar o veterinário

Se a diarreia do seu cão for preta, isso é uma indicação de hemorragia interna e o seu cão precisa de tratamento veterinário imediato. Se seu cocô for cinza, verde ou laranja – e ele não entrou em uma caixa de giz de cera – a coloração aponta para problemas com seu fígado ou pâncreas, e é necessária atenção veterinária. Um cão que não está em dia com seu vermífugo preventivo pode ter parasitas, e o veterinário solicitará um exame de fezes para determinar se eles são os culpados por trás das fezes.

Se seus problemas intestinais não estão afetando seu comportamento, ele provavelmente não precisa ver o veterinário imediatamente, a menos que a diarreia não melhore em alguns dias. Mas se ele está letárgico, vomitando ou com febre, uma visita de emergência ao veterinário é necessária. Lembre-se de trazer uma amostra das fezes com você ou pelo menos uma boa foto dela.

 

Fique atento(a) às nossas redes sociais, sempre trazemos novidades e dicas para seu pet 😉

INSCREVA-SE também no canal do Youtube!
https://www.dicasboaspracachorro.com.br/youtube

Nosso Blog:
https://www.dicasboaspracachorro.com.br

Siga-nos nas redes sociais:
https://instagram.com/dicasboaspracachorro
http://www.facebook.com/dicasboaspracachorro

Recomendados Primeiro Para Você: