Como cachorro pega carrapato?


Se engana quem pensa que carrapatos só aparecem em locais onde tem mato ou outros animais como cavalos e bois. O carrapato não é só um perigo para o seu pet, mas também para os humanos e as doenças que eles podem transmitir podem ser muito perigosas. Sabendo disso, como um cachorro pega carrapato e o que nós podemos fazer para evitar isso?

O ideal é sempre se preocupar com a prevenção para que os problemas sejam sempre  menores. Aproveitar momentos de carinho, banho e escovação dos pets para dar uma verificada é importante. Como eles gostam de locais quentes e que não sejam fáceis do cão alcançar geralmente se alojam no pescoço, orelhas e patinhas.

As condições ideais para que esse parasita se instale, assim como as pulgas, são muito melhores no verão por ser uma época quente e úmida. Portanto, uma atenção especial nessa época do ano é necessária. Outra ação importante é sempre usar produtos anti-carrapatos para ajudar nessa prevenção.

Os carrapatos podem sobreviver por muito tempo longe de um animal hospedeiro, por isso podem ser encontrados em locais com grama alta, madeiras ou folhas acumuladas, assim como frestas e cantos dentro de casa. Por isso, uma dedetização do local com uma certa regularidade também pode ajudar a prevenir a presença do carrapato.

Principais tipos de carrapato em cães:

Os dois tipos mais comuns de carrapatos que são encontrados em cães são:

  • Carrapato vermelho do cão (Rhipicephalus sanguineus) – É típico das cidades e é um dos mais perigosos que existe. Este carrapato além de causar desconforto no cão, pode ser transmissor das doenças, como: babesiose, anaplasmose e erliquiose.

  • Carrapato estrela (Amblyomma cajennense) – Também conhecido como carrapato do cavalo, é comum em locais com mais vegetação, é um transmissor da doença de Lyme e Febre maculosa que afeta também humanos.

Encontrei carrapato no meu cachorro, o que fazer?

Caso encontre algum carrapato no seu cachorro o ideal é que o retire imediatamente com uma luva e ajuda de uma pinça se for preciso. Coloque o carrapato em um recipiente com álcool para que ele morra.

Nunca esprema o carrapato, pois se for um carrapato-fêmea, ao espremê-la, isso pode acabar fazendo com que os ovos que, por ventura, estão dentro dela, sejam liberados e eclodam formando larvas, que posteriormente se transformarão em carrapatos adultos e vão contaminar outros cães.

Se houver uma infestação é necessário procurar um veterinário o mais rápido possível para que sejam removidos de forma adequada e sejam realizados exames para checar a saúde do cão. Além disso, o veterinário irá orientá-lo com medidas de controle dos carrapatos no ambiente em que o seu cão vive.

Como tratar o cachorro com carrapato?

É importante saber que em casos de infestação de carrapatos, o principal local que temos que nos preocupar para combater a presença deste ectoparasitas é o ambiente.. Geralmente, o maior número de carrapatos está espalhado pelo ambiente (caminha, roupinhas, tapetes, etc) e não no animal. 

Por isso, existem alguns produtos que podem ajudar na proteção do ambiente, além de dedetizações regulares.

  • Talcos anti pulgas/carrapatos 
  • Sprays e inseticidas

Esses produtos devem ser usados somente no ambiente e nunca diretamente no animal.

Para tratar o animal, também existem alguns produtos que ajudam, além de remédios prescritos pelo veterinário quando necessário, são eles:

  • Coleiras anti pulgas/carrapatos – elas podem agir por semanas e atuam matando e impedindo que mais parasitas se alojem no pet.
  • Pipetas – atuam de forma prolongada, tem aplicação direta no pelo do animal e não é recomendada para filhotes.
  • Comprimidos – têm uma atuação longa no organismo do pet e atuam matando os parasitas quando eles mordem o pet, impedindo que se proliferem.

Como saber se o cachorro está com carrapato?

Alguns carrapatos podem ser vistos, o que nos ajuda a  descobrir cedo quando estão instalados no animal. Outros, são menores e podem não ser vistos facilmente.

Esses parasitas causam um incômodo grande nos cachorros, que a todo momento vão tentar tirá-los se coçando. Então, se observar que o seu cachorrinho está muito inquieto e se coçando mais que o normal pode ser um indicativo de que ele está com carrapato.

É importante que caso perceba carrapatos, retire logo do animal, pois as chances do cachorro se machucar nessas tentativas de retirar o carrapato são grandes, e um machucado o torna muito mais vulnerável para infecções e possíveis doenças.

 

Como o cachorro pega carrapato?

Sabendo onde podemos encontrar os carrapatos, fica mais fácil entender como eles vão parar nos nossos cães. 

O ideal é evitar que cães brinquem em locais com vegetação muito alta, madeiras e folhas acumuladas. Os parasitas passam desses locais para o corpo dos animais e se instalam nas regiões do corpo onde os cães não conseguem alcançar.

 

Lembre-se que para evitar problemas com carrapatos, uma rotina de banhos com produtos anti-carrapatos já garante uma boa proteção ao seu fiel companheiro de 4 patas.

Fique atento(a) às nossas redes sociais, sempre trazemos novidades e dicas para seu pet 😉

INSCREVA-SE também no canal do Youtube! 

https://www.dicasboaspracachorro.com.br/youtube

Nosso Blog:

https://www.dicasboaspracachorro.com.br

Siga-nos nas redes sociais:

https://instagram.com/dicasboaspracachorro

http://www.facebook.com/dicasboaspracachorro 

Recomendados Primeiro Para Você: