Como saber quando o cachorro irá te atacar?


Você sabe quando pode ter passado dos limites com o cachorro e saber quando o cachorro irá te atacar?

Antes de começarmos a traçar o perfil dos cães ou analisar seu comportamento com relação a eles, vamos falar sobre a pergunta que todos deveriam primeiro fazer: por que um cão morde?

  • Podem morder como reação a uma situação estressante;
  • Podem estar com medo ou ameaçados;
  • Por proteção, à seus filhotes ou seus donos;
  • Por não se sentirem bem ou estarem assustados;
  • Eles podem beliscar ou morder durante a brincadeira (é por isso que a brincadeira de morder quando filhote deve ser evitada para garantir que você não excite excessivamente o seu animal).

 

Lembre-se desses gatilhos sempre que estiver perto de um cachorro. Sua consciência do estado mental deles o ajudará a reconhecer uma situação potencial de mordida mais rapidamente.

As mordidas de cachorro costumam ocorrer quando há falha de comunicação entre o cão e a vítima. Não é comum ter um ataque não provocado por um cão de rua. Frequentemente, é o dono do cachorro ou um membro da família que é mordido.

Os cães são muito sinceros, eles sempre demonstram sinais, de alegria, medo e estresse com várias partes do corpo, inclusive o pêlo. Ler esses sinais e entender as posturas corporais do cachorro poderá lhe ajudar a prevenir um ataque ou uma possível mordida.

  •  Posição das orelhas (regular/voltadas para trás)
  • Olhar (olha diretamente o examinar/desvia o olhar)
  • Boca, incluindo lábios e língua (mostra os dentes/ coloca a ponta da língua pra fora/ lambe os lábios…) 
  • Cauda (entre as pernas/abanando amplamente/ abanando com ele elevada ou abaixada/ posição regular sem abanar)
  • Linha dorsal (abaixada)
  • Pelos da região dorsal (eretos)

Pelo ereto é sinal de medo ou que o cão ficou mais agitado que o normal

Tirar uma das patas do chão e abaixar a cabeça também é um sinal de medo. Desviar o olhar e virar o rosto também. Às vezes até o rosnado é sinal de medo.

Como prevenir uma mordida de cachorro?

Identificando os sinais que o cão transmite e sabendo respeitar o seu espaço. Assim como as pessoas, sempre há bons animais de estimação que podem lhe atacar. Até mesmo um cão que nunca tenha apresentado atitudes agressivas, mesmo que você não o tenha provocado a atacar, ainda existem aqueles casos inexplicáveis ​​que ninguém consegue explicar ou racionalizar. No entanto, na maioria das vezes, esse não é o caso.

É por isso que, ao lidar com qualquer cão, você deve manter a confiança, mas com linguagem corporal cautelosa. Abaixo estão algumas coisas que você pode fazer para garantir que sua atitude não desencadeie um ataque.

 

  • Não se aproxime de um animal desconhecido;
  • Não fuja de um cachorro, entre em pânico ou faça barulho;
  • Se um cachorro desconhecido se aproximar de você, permaneça imóvel. Não corra nem grite. Evite o contato direto com os olhos;
  • Não perturbe um cachorro enquanto ele está comendo, dormindo ou cuidando de seus filhotes;
  • Permita que um cachorro cheire e cheire você antes de tentar acariciá-lo. Depois coça o animal sob o queixo, não na cabeça;
  • Relate cães de rua ou cães com comportamento estranho ao controle de animais local;
  • Se for atacado por um cão, certifique-se de cobrir as orelhas e o pescoço com as mãos e os braços. Evite o contato visual e mantenha a calma;
  • Jamais incentive seu cão a brincar agressivamente;
  • Escolha uma raça de cachorro que seja compatível com a família. Cães agressivos podem não ser adequados em uma casa com bebês e crianças pequenas;
  • Os cães são animais sociais; portanto, a socialização e o treinamento apropriado ajudarão a minimizar o risco de mordidas de cachorro;
  • Não se aproxime de um cão de rua ou desconhecido, especialmente se o dono não estiver presente;
  • Não se aproxime de um cão com movimentos rápidos ou acima da cabeça. Dê tempo para o cão reconhecer sua presença antes de tentar acariciá-lo;
  • Antes de entrar em contato com o cão, pergunte ao dono se está tudo bem para acariciar o cão;
  • Não deixe crianças pequenas ou bebês sem supervisão com um cachorro.

É recomendável que os tutores treinem e socializem adequadamente seus animais de estimação para que fiquem à vontade perto de pessoas e outros animais. Seja passando tempo com eles, para que seu cão não se sinta solitário ou ansioso, e mantendo-os fisicamente saudáveis. Também é fundamental ensinar a todas as crianças um comportamento adequado e seguro ao redor dos cães, quer você tenha ou não animais de estimação.

Casos de mordidas de cachorro que ganharam repercussão da mídia:

  • Menino de 6 anos leva 90 pontos no rosto após salvar irmã do ataque de um cachorro, nos Estados Unidos.
  • O ator Felipe Titto levou 15 pontos na perna após ser mordido pelo seu cachorro.
  • Durante um programa ao vivo, a apresentadora da emissora “Kusa TV” em Denver, no estado do Colorado (EUA) leva uma mordida no rosto do cachorro e precisou levar 70 pontos nos lábios e nariz.

  • Jovem de 17 anos fica conhecida na internet após postar uma série de fotos do momento exato em que leva uma mordida no rosto do cachorro do amigo, da raça pastor alemão.

Curiosidade – Qual raça de cachorro tem a mordida mais forte do mundo?

1°. lugar 🏆  Kangal, com força de 743 PSI

2°. lugar – Bandog, com força equivalente a 730 PSI 

3°. lugar – Cane Corso, com força equivalente a 700 PSI 

 

Veja nosso top 20 das mordidas de cães mais fortes do mundo clicando aqui.

 

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

 

INSCREVA-SE também no canal do Youtube! 

https://www.dicasboaspracachorro.com.br/youtube

 

Nosso Blog:

https://www.dicasboaspracachorro.com.br

 

Siga-nos nas redes sociais:

Instagram: https://instagram.com/dicasboaspracachorro

Facebook: http://www.facebook.com/dicasboaspracachorro

Recomendados Primeiro Para Você: