Linguagem corporal dos cães


Seria tão mais fácil se pudéssemos entender o que nossos amigos peludos têm pra dizer, não é mesmo? Mas você sabia que apesar de não falarem os cães podem nos dizer muitas coisas com o corpo? Essa forma de comunicação se chama “Linguagem corporal dos cães” e é o assunto do artigo de hoje.

Esses dias assisti a um filme na Netflix chamado Uma Mente Canina, onde um menino-prodígio consegue desenvolver, através de um projeto da escola, uma coleira telepática para seu cão. Conseguindo entender tudo que seu cão diz, até aconselhar seu dono o danado do cachorro fazia hahahah… ahhhhhh seria o máximo se fosse verdade!! hahahaha

+ Lista de Filmes de Cachorro, Veja nossa lista com os filmes mais conhecidos e desconhecidos também!

E hoje vim aqui mostrar, que mesmo sem uma coleira maneira dessas, podemos entender o que esses peludinhos têm a dizer. Cães são muito expressivos e podemos fazer uma leitura corporal do que esteja acontecendo com eles.

Eles se comunicam uns com os outros e conosco usando sua própria linguagem elegante e não verbal. Essas dicas se concentram em sete aspectos importantes do corpo de um cão: 

  • olhos;
  • orelhas;
  • boca;
  • cauda;
  • suor;
  • postura corporal;
  • movimento geral. 

E nós, podemos usar essas informações para interpretar o que estão sentindo e até evitar uma mordida, agir em caso de saúde etc.

+  Como saber quando o cachorro irá te atacar 

Corpo de um cachorro e seus sinais:

Olhos

Ao olhar para os olhos do cão, preste atenção à parte branca do olho e considere o foco e a intensidade do olhar do cão. Quando um cão está se sentindo tenso, seus olhos podem parecer mais redondos do que o normal ou podem mostrar muito branco ao redor do lado de fora.

As pupilas dilatadas também podem ser um sinal de medo ou excitação. Podem fazer os olhos parecerem “vidrados”, indicando que um cão está se sentindo ameaçado, estressado ou assustado.

UM CÃO RELAXADO frequentemente aperta os olhos, de modo que seus olhos se tornam amendoados, sem nenhum aspecto branco.

Boca

UM CÃO RELAXADO provavelmente terá a boca aberta e pode estar ofegante, sem tensão facial ou na boca. Os cantos da boca podem estar ligeiramente virados para cima.

UM CÃO MEDROSO OU TENSO geralmente mantém a boca fechada e pode puxar os lábios nos cantos (também conhecido como “lábio longo”). Ele também pode estar ofegando rapidamente. 

Um cão ofegante que fecha a boca repentinamente em resposta a algo no ambiente também pode estar indicando aumento de estresse. Babar quando não há comida presente também pode ser um sinal de medo ou estresse extremo.

Um cão exibindo um aviso físico pode enrugar o topo do focinho, frequentemente puxando os lábios para cima verticalmente para mostrar os dentes da frente. Isso é chamado de “franzir ofensivo”. O focinho é enrugado e o canto da boca é curto e em forma de C. Esse aviso geralmente vem com uma testa tensa e olhos duros. O cão também pode rosnar, avisos muito claros para quem se aproxima.

 
  

Alguns cães exibem um “sorriso submisso” ou “sorriso”. Este também é um gesto em que um cachorro mostra os dentes da frente, mas um cachorro sorridente está fazendo exatamente isso. Ele geralmente mostra uma cabeça baixa, cauda abanando, orelhas achatadas, uma postura corporal macia e olhos suaves e estreitos junto com aqueles dentes. Dentes nem sempre significam agressão. É importante considerar todo o corpo e o contexto para entender o que um cachorro está dizendo.

Bocejar e lamber os lábios podem ser um sinal precoce de estresse, principalmente quando acompanhados por uma boca tensa e, muitas vezes, um som de choramingo.

Ouvidos

Os cães têm uma grande variedade de tipos de orelhas. Embora possa ser mais fácil para nós ver a posição das orelhas em cães com orelhas eretas, mesmo cães com orelhas caídas como os Bassês podem mover a base das orelhas para frente e para trás para mostrar emoções diferentes, basta olhar para a direção da base da orelha. 

Quando um cão está relaxado, suas orelhas podem estar ligeiramente para trás ou para os lados. À medida que um cão fica mais excitado, as orelhas se movem para a frente, apontando para um assunto de interesse. Quando suas orelhas estão mais para a frente, suas testas frequentemente se enrugam.

 

Cauda

Ao observar a cauda de um cão, há duas coisas a considerar: a posição da base da cauda e como a cauda se move.

UM CÃO RELAXADO mantém a cauda em uma posição neutra, estendendo-se da coluna vertebral ou talvez abaixo do nível da coluna. 

O movimento da cauda pode ser um abanar solto de um lado para o outro ou um movimento circular amplo. Conforme o cão fica mais ansioso ou excitado, sua cauda geralmente sobe acima do nível da coluna. Ele também pode mover a cauda de um lado para o outro em movimentos curtos e rápidos à medida que fica mais excitado.

UM CACHORRO MEDROSO enfia o rabo entre as patas traseiras. A cauda também pode ser mantida rígida contra a barriga ou abanar rigidamente.

Pêlo

Muito parecido com seus próprios “arrepios”, a pelagem pode se arrepiar ao longo das costas de um cão quando ele está irritado ou excitado. Isso também é conhecido como piloereção ou “pêlos levantados” e pode ocorrer nos ombros, abaixo da coluna e acima da cauda. Nem sempre significa que a agressão é iminente, mas são um indicador de que o cão está animado ou incomodado com alguma coisa.

Um cão assustado ou estressado também pode lançar mais do que o normal.

Suor

Os cães ofegam para se refrescar, mas ofegar também pode ser um sinal de estresse, principalmente respiração ofegante rápida acompanhada por uma boca apertada com rugas de estresse ao redor.

Os cães também têm a capacidade de suar pelas patas. Você pode notar um cachorro deixando pegadas molhadas no chão se ele estiver particularmente chateado.

Como interpretar um cão pela sua postura corporal?

Ao iniciar a brincadeira, os cães geralmente começam com uma reverência e geralmente seguem com movimentos faciais e corporais exagerados. O movimento corporal de um cão brincalhão será solto e oscilante, com muitos movimentos e breves pausas durante a brincadeira.

Um cão que parece rígido, se move lentamente ou que continua se afastando pode não estar interessado na interação social com este cão brincalhão.

Desviar o olhar, cheirar, coçar, deitar ou outros comportamentos de evitação também podem indicar que a sessão de jogo acabou.

Um cão medroso pode inclinar-se para trás, tremer, agachar-se, abaixar o corpo ou a cabeça, rolar para o lado ou para trás. Frequentemente, seus olhos estarão totalmente abertos com pupilas dilatadas, sua testa enrugada e sua cauda abaixada ou dobrada.

Um cão extremamente medroso pode congelar completamente ou tentar escapar freneticamente e urinar ou defecar quando for abordado.

Um cão exibindo uma linguagem corporal agressiva parecerá grande, com a cabeça erguida acima dos ombros. Com corpo tenso, peso centralizado ou ligeiramente inclinado para a frente nas patas dianteiras.

Um cão que exibe um comportamento agressivo também pode ter focinho enrugado, lábio curto e olho duro.

Linguagem corporal dos cães e seus significados:

Momento relax
  
  
Atente-se!
  
 
Com medo e assustado
 
  

Então lembre-se!!

Nunca se aproxime de um cão desconhecido sem conhecer sua personalidade e atente-se aos sinais corporais.

Matérias disponíveis para você:

Lista de Filmes de Cachorro, Veja nossa lista com os filmes mais conhecidos e desconhecidos também!

Como saber quando o cachorro irá te atacar

Fique atento(a) às nossas redes sociais, sempre trazemos novidades e dicas para seu pet 😉

INSCREVA-SE também no canal do Youtube! 

https://www.dicasboaspracachorro.com.br/youtube

Nosso Blog:

https://www.dicasboaspracachorro.com.br

Siga-nos nas redes sociais:

https://instagram.com/dicasboaspracachorro

http://www.facebook.com/dicasboaspracachorro

Recomendados Primeiro Para Você: