Tudo sobre a Raça de cachorro Basset Hound: entenda melhor o seu cãozinho!


A raça de cachorro Basset Hound é muito confundida com um outro cãozinho muito querido por todos mundialmente. E hoje @dicasboaspracachorro veio lhe mostrar tudo sobre essa raça, com uma lista completa de fatos e características do verdadeiro Basset Hound.

Sempre quando falamos em Basset, muitas pessoas ainda associam ao Dachshund, o “cão-salsicha”. Talvez pelo seu tamanho, o corpinho longo e patas curtinhas. Mas não se engane, são raças diferentes, a raça do cão salsicha é Dachshund e são originários da Alemanha.basset hound droppy

O carismático Droopy nos desenhos animados, sempre cabisbaixo, desanimado, aparentemente cansado da vida, com sua famosa frase (“Sabem de uma coisa? Eu estou feliz…”) é um cão inspirado na raça basset hound.

 

Temperamento da raça Basset Hound

Em casa, Basset Hounds são calmos e um tanto preguiçosos. Eles são leais a sua família e têm um temperamento agradável e amigável. Eles adoram estar com suas famílias e também se dão bem com outros animais de estimação. Bassets odeiam ser deixados sozinhos por longos períodos de tempo e podem se tornar destrutivos e uivar se deixados sozinhos. Seu latido característico é alto e viaja por longas distâncias.

Quando você estiver passeando com seu Basset, saiba que ele adora rastrear. Se ele captar um cheiro que deseja seguir, poderá fugir se não estiver preso à coleira e à guia. Os bassets são obstinados ao rastrear um cheiro e o seguirão pela rua até na frente de um carro se não estiverem amarrados ou confinados por uma cerca. Então, muita atenção ao passear com eles!

Bassets bem criados são cães de temperamento calmo, relaxados e geralmente felizes. Mas alerta o suficiente para ser um excelente cão de guarda. Eles são muito gentis com crianças e outros animais de estimação. Seus maiores defeitos são a tendência de babar e uivar quando solitários ou soar um alarme. A companhia de outro cachorro é útil para não se sentirem só. Se você conseguir tolerar suas idiossincrasias, o Basset pode ser um maravilhoso companheiro de família, tão feliz em ficar em casa como em caçar.

Como todos os cães, ele pode ser teimoso quando se trata de treinar e responde melhor a métodos positivos, como recompensas e petiscos. 

Como todo cão, a raça de cachorro Basset Hound precisa de socialização precoce, exposição a muitas pessoas, imagens, sons e experiências diferentes desde filhotes. A socialização ajuda a garantir que seu filhote de cachorro Basset cresça e se torne um cão equilibrado.

 

Quais são as características físicas gerais? Porte, cor de pelagem, peso, tipo de pelo…?basset hound

O nome Basset vem da palavra francesa bas, que significa baixo. E Basset Hound certamente estão rastejando. Como seus ossos são pesados ​​e musculosos, eles geralmente pesam de 22,5 a 30 kgs, embora não tenham mais do que 35,5 centímetros de altura no ponto mais alto do ombro. Na verdade, eles são cães grandes com pernas curtas. Sua aparência de pernas curtas é o resultado de uma forma de nanismo chamada acondroplasia. Apesar do tamanho grande, o Basset acredita que é um cão de colo e fará o possível para caber no seu.

Basset Hounds têm pelagem lisa, curta e de textura dura e são relativamente fáceis de cuidar. A maioria deles vem nas cores:

clássico padrão tricolor de prebasset hound colorsto,

castanho e branco,

vermelho aberto e branco (manchas vermelhas em uma pelagem branca),

vermelho e branco fechado (vermelho sólido com pés e cauda brancos),

ou limão e branco (bicolor).

Ocasionalmente, você pode ver um Basset cinza (também chamado de azul), mas essa cor é considerada indesejável porque acredita-se que esteja associada a problemas genéticos.

O Basset Hound tem o crânio arredondado com focinho profundo e muita pele solta no rosto, que fica fortemente enrugada na testa quando o cão está rastreando. Essa pele solta também faz com que os Bassets tenham uma aparência triste, o que muitas pessoas acham que aumenta seu charme.

 

O Basset é uma raça indicada para crianças?

basset hound

Bassets gostam de crianças e se dão bem com elas. Se houver alguma coisa, você precisará proteger seuBasset de sermontado ou atormentado por eles.

Sempre ensine as crianças como se aproximar e tocar em cães, e sempre supervisionar quaisquer interações entre cães e crianças pequenas para evitar mordidas, puxões de orelha ou da cauda por parte de qualquer um. Ensine seu filho a nunca se aproximar de nenhum cachorro enquanto ele está dormindo ou comendo, ou a tentar tirar a comida do cachorro. Nenhum cão deve ser deixado sem supervisão com uma criança.

Sendo cães de matilha, os Bassês gostam da companhia de outros cães e também podem se dar bem com gatos, especialmente se forem introduzidos desde cedo.

 

Comportamentos esperados do Basset Hound

Com sua personalidade plácida e baixa estatura, mas aparência nobre, o Basset Hound é o típico companheiro de família, bem como um cão de caça de ritmo lento, mas perspicaz.

Paciência é definitivamente uma virtude quando se trata de adestrar um Basset Hound. A menos que você consiga persuadi-lo de que é algo que ele quer fazer, ele pode ser teimoso e difícil de treinar. Muitos Basset Hounds obedecem a comandos quando recebem comida, mas não obedecem se você não tiver uma recompensa saborosa para oferecer a eles.

Adestrar um Basset em casa também é um desafio, mas com paciência e persistência, você conseguirá treinar e adestrar seu Basset Hound em casa. Apenas certifique-se de usar métodos de treinamento suaves e positivos. Basset Hounds são emocionalmente sensíveis e irão desligar-se se forem maltratados.

Quanto aos latidos, os basset hounds têm vozes únicas. Eles geralmente uivam em vez de latir. Eles também emitem um gemido único e murmurante que usam quando querem atenção ou estão implorando por comida. Graças às suas expressões deliciosamente suplicantes, eles costumam ter sucesso em ganhar petiscos.

 

Qual a idade média o Basset Hound vive?

A raça possui uma expectativa de vida em torno dos 12 anos.
Mas não é raro ver alguns mais idosos passeando por aí.

 

Cuidados com a raça de cachorro Basset Hound

Os cães da raça Basset Hounds são geralmente calmos, se dão bem mesmo em pequenas casas e apartamentos. Devem morar em ambientes fechados com a família, de preferência com acesso a um quintal. Eles não são adequados para viver ao ar livre em calor ou frio extremo.

– Exercícios regulares

Basset Hounds comem muito, mas como não são muito ativos em casa, podem ganhar peso e ficar obesos rapidamente, o que pode causar problemas nas costas e nas pernas. Não fique tentado a deixar seu Basset se tornar um viciado em televisão. O exercício regular é uma obrigação. Bassets têm muita resistência, por isso gostam de fazer longas caminhadas.basset hound orelha

– Orelhas

Atenção as grandes orelhas do seu Basset Hound. Por serem tão compridas não permitem a circulação suficiente do ar, causando infecções. Limpe o interior das orelhas do seu Basset Hound pelo menos uma vez por semana com uma solução recomendada pelo seu veterinário, limpe a parte externa das orelhas para remover qualquer sujeira, limpe as rugas faciais com um pano úmido e seque-as bem. Veja como limpá-las da melhor forma clicando aqui! Leve-o ao veterinário caso sinta um cheiro desagravel em suas orelhas ou pareçam inflamadas.

– Banho

basset hound banho

É recomendável banhos semanais ou quinzenais com shampoo neutro ou especial. Aproveite o dia do banho para limpar as orelhas do seu basset, e verifique se suas grandes patinhas tem feridas entre os dedos. Clique aqui para saber a melhor forma de dar banho no seu cachorro.

– Higiene dental

Escove os dentes do seu Basset pelo menos duas ou três vezes por semana para remover o acúmulo de tártaro e as bactérias que se escondem dentro dele. A escovação diária é ainda melhor se você deseja prevenir doenças gengivais e mau hálito.

– Unhas

Corte as unhas uma ou duas vezes por mês. Se você pode ouvi-los clicando no chão, sinal de que estão muito compridas. Unhas curtas e bem aparadas mantêm os pés em boas condições e protegem suas canelas de arranhões quando seu Basset pula com entusiasmo para cumprimentá-lo.

– Segurança

Quando os Bassês estão ao ar livre, eles devem estar em um quintal cercado ou na coleira para que não saiam atrás de um aroma interessante. Até que ele tenha um ano de idade, desencoraje seu filhote de Basset de pular de cima e para baixo da mobília e subir e descer escadas, o que coloca um estresse extra nas pernas dianteiras e nas costas e pode machucar as articulações. Você pode precisar ajudar um Basset de qualquer idade a entrar e sair do carro. Ele não é um saltador muito bom. Considere dar a ele uma rampa ou degraus.

– Treinamento

Os bassets podem ser independentes, com ideias próprias. Treine-os com gentileza e consistência, usando reforços positivos que incluem recompensas e elogios. O Basset que for maltratado simplesmente se tornará mais teimoso e menos disposto a cumprir suas ordens. Sua melhor aposta é manter o treinamento interessante. Os bassets desenvolverão a audição seletiva se houver algo mais emocionante em que prestar atenção.

– Escovação

Basset Hounds perdem pêlo o ano todo, mas se você escová-los semanalmente, isso não será um problema.

Comece acostumando seu Basset a ser escovado e examinado quando ele for um filhote. Manuseie suas patas com frequência, cães são sensíveis aos pés e olhe dentro de sua boca e orelhas. Faça da preparação uma experiência positiva, repleta de elogios e recompensas, e você estabelecerá as bases para exames veterinários fáceis e outros procedimentos quando ele for adulto.

– Alimentaçãobasset hound alimentação

Quantidade diária recomendada:

1,5 a 2,5 xícaras de ração de alta qualidade para cães por dia, divididas em duas a três refeições.

Nota: Quanto seu cão adulto come depende de seu tamanho, idade, constituição física, metabolismo e nível de atividade. Os cães são indivíduos, assim como as pessoas, e nem todos precisam da mesma quantidade de comida. É quase desnecessário dizer que um cão altamente ativo precisará de mais do que um cão viciado em televisão. A qualidade da ração de cachorro que você compra também faz toda a diferença, quanto melhor a qualidade da ração mais tempo ela irá nutrir seu cão e menos você precisará encher a tigela dele.

Como já falamos Bassets gostam de comer e são propensos à obesidade. Mantenha seu Basset Hound em boa forma, dosando sua comida e alimentando-o duas vezes por dia, em vez de deixar comida fora o tempo todo.

Se você não tiver certeza se ele está acima do peso, faça o teste de visão e o teste prático. Primeiro, olhe para ele. Você deve ser capaz de ver uma cintura. Em seguida, coloque as mãos nas costas dele, os polegares ao longo da coluna e os dedos abertos para baixo. Você deve ser capaz de sentir, mas não ver suas costelas, sem ter que pressionar com força. Se você não puder, ele precisa de menos comida e mais exercícios.

Para obter mais informações sobre como alimentar seu Basset Hound, consulte nossas diretrizes para comprar a comida certa, alimentar seu filhote e alimentar seu cão adulto.

 

Quais são as doenças mais comuns que o Basset Hound pode apresentar?

Os cães da raça Basset Hounds são geralmente saudáveis, mas como todas as raças, são propensos a certas condições de saúde. Nem todos os Basset Hounds contraem alguma ou todas essas doenças, mas é importante estar ciente delas se você estiver considerando esta raça.

Se você estiver propenso a comprar um filhote, encontre um bom criador que lhe mostrará as liberações de saúde para os pais de ambos. As autorizações de saúde provam que um cão foi testado e liberado de uma condição específica.

➡ Dilatação Gástrica-Vólvulo (GDV):

basset hound dgv

Também chamado de inchaço ou torção gástrica. Esta é uma condição com risco de vida que pode afetar cães de peito profundo como Basset Hounds, especialmente se eles são alimentados com uma grande refeição por dia, comem rapidamente, bebem grandes volumes de água após comer e se exercitam vigorosamente após comer. Alguns pensam que os pratos elevados e o tipo de comida também podem ser fatores para o inchaço. É mais comum em cães mais velhos, mas pode ocorrer em qualquer idade. O GDV ocorre quando o estômago é distendido com gás ou ar e depois se torce (torção). O cão é incapaz de arrotar ou vomitar para se livrar do excesso de ar em seu estômago, e o retorno normal do sangue ao coração é impedido. A pressão arterial cai e o cão entra em choque. Sem atenção médica imediata, o cão pode morrer.

Suspeite dos seguintes sintomas:

◽  Inchaço, se seu cão tiver abdômen distendido;
◽  Babando excessivamente;
◽  Vomitando sem vomitar;
◽  Parecer um pouco inquieto;
◽  Deprimido, letárgico e fraco;
◽  Batimento cardíaco acelerado.

Com esses sintomas é importante levar seu cão ao veterinário o mais rápido possível.

Há alguma indicação de que a tendência ao GDV é hereditária, portanto, é recomendado que os cães que desenvolvem essa condição sejam castrados ou esterilizados.

➡ Doença de Von Willebrand:

Esta é uma doença hereditária que pode causar sangramento leve a moderadamente grave e um tempo de sangramento prolongado. Se você suspeitar que seu Basset tem a doença de von Willebrand, peça ao seu veterinário para fazer um exame de sangue e tomar as precauções necessárias antes de qualquer procedimento cirúrgico.

➡ Panosteíte (também chamada de Wandering ou Transient Claeness):

Esta é uma doença indescritível que às vezes é observada em jovens Basset Hounds. Seu sinal principal é claudicação súbita e os filhotes geralmente superam esse problema por volta dos dois anos de idade, sem problemas de longo prazo. A claudicação pode ser leve ou severa. Muitos veterinários não estão cientes desse problema em Basset Hounds e podem diagnosticá-lo erroneamente como displasia do cotovelo, displasia do quadril, luxação patelar ou até distúrbios mais graves. Se diagnosticado incorretamente, o veterinário pode querer fazer uma cirurgia em seu cão que não seja basset hound glaucomanecessária. Se ocorrerem sinais, peça uma segunda opinião de um ortopedista antes de permitir a cirurgia.

➡ Glaucoma:

Basset Hounds são propensos a glaucoma, uma condição em que a pressão aumenta dentro do olho. Pode levar à cegueira se não for detectado e tratado precocemente. Se você notar que seu Basset Hound está semicerrando os olhos, lacrimejando ou esfregando os olhos, ou se os olhos parecem vermelhos ou salientes, leve-o ao veterinário imediatamente para um check-up. O glaucoma pode causar danos à retina e ao nervo óptico em questão de horas, portanto, uma viagem para a sala de emergência pode definitivamente ser garantida.

➡ Alergias:

As alergias são muito comuns em cães. As alergias a certos alimentos são identificadas e tratadas eliminando certos ingredientes da dieta do cão até que o culpado seja descoberto. As alergias de contato são causadas por uma reação a algo que toca o cão, como roupa de cama, pó para pulgas, xampus para cães ou outros produtos químicos. Eles são tratados identificando e removendo a causa da alergia. As alergias inalantes são causadas por alérgenos transportados pelo ar, como pólen, poeira e bolor. A medicação apropriada para alergias inalantes depende da gravidade da alergia. As infecções de ouvido são um efeito colateral comum das alergias inalantes.

basset hound luxação

➡ Luxação patelar:

Também conhecida como “joelhos escorregadios”, é um problema comum em cães pequenos. É causada quando a patela, que tem três partes não está devidamente alinhada: o fêmur (osso da coxa), a patela (rótula) e a tíbia (panturrilha). Isso causa claudicação na perna ou uma marcha anormal, como um salto ou salto. É uma condição que está presente no nascimento, embora o desalinhamento ou luxação real nem sempre ocorra até muito mais tarde. O atrito causado pela luxação patelar pode levar à artrite, uma doença degenerativa das articulações. Existem quatro graus de luxação patelar, variando do grau I, uma luxação ocasional que causa claudicação temporária na articulação, até o grau IV, em que o giro da tíbia é intenso e a patela não pode ser realinhada manualmente. Isso dá ao cão uma aparência de pernas arqueadas. Graus graves de luxação patelar podem exigir reparo cirúrgico.

➡ Trombopatia:

Esta é outra doença das plaquetas sanguíneas que às vezes é encontrada em Basset Hounds. Como a de von Willebrand, a trombopatia afeta a capacidade de coagulação do sangue.

basset hound palpebras

➡ Problemas nas pálpebras e nas pestanas:

Os bassets são propensos a ectrópio (uma viragem das pálpebras), resultando em uma córnea seca, e entrópio (uma viragem das pálpebras), fazendo com que os cílios penetrem na superfície do olho. Seu veterinário deve ser capaz de determinar se o seu Basset tem algum desses problemas e pode corrigir o problema cirurgicamente, se necessário.

➡ Doença do disco intervertebral:

Cães da raça Basset Hounds são especialmente propensos a ter problemas nas costas. Isso pode ser devido à genética, mover-se na direção errada ou cair ou pular sobre ou fora de móveis. Os sinais de um problema nas costas incluem incapacidade de se levantar nas pernas traseiras, paralisia e, às vezes, perda de controle do intestino e da bexiga. É importante sempre apoiar as costas e traseiro do seu Basset Hound ao segurá-lo. Se ocorrer um problema, o tratamento pode consistir em qualquer coisa, desde o confinamento da caixa com medicamentos antiinflamatórios à cirurgia para remover os discos que estão causando o problema ou mesmo confinar o cão a uma cadeira de rodas canina. Alguns proprietários descobriram que podem ajudar a evitar problemas levando seus Basset Hounds a quiropráticos com experiência em trabalhar com cães.

basset hound ouvido

➡ Infecções de ouvido:

Como as orelhas compridas do Basset não permitem a circulação suficiente de ar para dentro da orelha, podem ocorrer infecções. Afaste-os limpando as orelhas do seu Basset toda semana e leve-o ao veterinário caso sintam um cheiro ruim em suas orelhas ou pareçam inflamadas.

➡ Obesidade:

A obesidade é um problema sério para raças de dorso longo como os Bassês. Embora o seu Basset Hound provavelmente seja um “cão de comer” e olhe para você implorando por mais, descubra quanto você deve alimentá-lo para manter um peso saudável e cumpri-lo para o seu próprio bem.

➡ Displasia do quadril:

A displasia do quadril ocorre comumente em Basset Hounds. Acredita-se que muitos fatores, incluindo genética, meio ambiente e dieta, contribuam para essa deformidade da articulação do quadril. Bassets afetados podem levar uma vida normal e saudável, mas alguns podem exigir cirurgia para se locomover facilmente.

Esta é uma condição hereditária em que o fêmur não se encaixa perfeitamente na articulação do quadril. Alguns cães apresentam dor e claudicação em uma ou nas duas patas traseiras, mas você pode não notar qualquer sinal de desconforto em um cão com displasia de quadril. Conforme o cão envelhece, a artrite pode se desenvolver.

Os cães com displasia da anca não devem ser criados. Se você está comprando um filhote, peça ao criador uma prova de que os pais foram testados para displasia de quadril e não têm problemas. A displasia do quadril é hereditária, mas também pode ser desencadeada por fatores ambientais, como crescimento rápido devido a uma dieta rica em calorias ou lesões causadas por pular ou cair em pbasset hound olho cerejaisos lisos.

➡ Olho de cereja:

Esta é uma condição em que a glândula abaixo da terceira pálpebra se projeta e se parece com uma cereja no canto do olho. Seu veterinário pode precisar remover a glândula.

 

Quanto custa um Basset Hound com pedigree?

Se você estiver pensando em ter um cãozinho da raça basset hound, opte por adotar em ongs ou em grupos resgates de cachorros abandonados, certamente haverá um cãozinho dessa raça esperando por um lar. Estes não são cães normalmente encontrados para adoção e quando se encontra, costumam apresentar alguns destes problemas de saúde. Então, fique atento e veja se você está preparado para lidar com um com problemas de saúde.

Ao optar por comprar um filhote, evite feiras de adoções ou criadores de fundo de quintal, encontre um bom criador da raça. Clicando aqui você verá dicas especiais e coisas a se pensar antes de adotar ou comprar um cãozinho.

O preço de um filhote dessa raça pode variar dependendo da linhagem, canil de origem, e sexo. Um filhotinho da raça de cachorro Basset Hound pode custar entre 1.300 reais a 3.500 reais.

 

Curiosidades sobre raça Basset Hound

basset hound basset hound elvis

 

Confie nos franceses para desenvolver uma raça tão distinta, com sua aparência “jolie”, jolie que significa muito feio ou atraente de forma não convencional. O nome Basset significa “baixo” e na França se refere a um nível distinto de cão de caça por altura.

Raça de cachorro Bloodhound
Raça de cachorro Bloodhound

Bassets provavelmente descendem de St. Hubert Hound, o ancestral do atual Bloodhound, e surgiu quando uma mutação na linhagem St. Hubert produziu um cão de pernas curtas ou anão. Talvez os cães anões tenham sido mantidos como curiosidades e mais tarde criados propositalmente quando sua capacidade de rastrear coelhos e lebre sob a vegetação em florestas densas foi observada.

A primeira menção registrada de um Basset Hound foi em um livro ilustrado sobre caça, La Venerie, escrito por Jacques du Fouilloux em 1585. A partir das ilustrações, parece que os primeiros Basset Hounds franceses se assemelhavam ao atual Basset Artésien Normand, um cão de raça hoje conhecida na França.

Artésien Normand
Artésien Normand / foto: mydog.se

Popularidade

Os Basset Hounds foram populares pela primeira vez na aristocracia francesa, mas depois da Revolução Francesa eles se tornaram os cães de caça dos plebeus que precisavam de um cão que pudessem seguir a pé, sem ter acesso a cavalos. Eles chegaram à Grã-Bretanha em meados do século XIX. Lord Galway importou um par para a Inglaterra em 1866 e eles produziram uma ninhada de cinco filhotes, mas ele não os mostrou, então eles permaneceram relativamente desconhecidos.

Então, em 1874, Sir Everett Millais importou um Basset Hound chamado Model da França. Millais promoveu a raça na Inglaterra e iniciou um programa de criação em seu próprio canil, bem como em cooperação com programas de criação estabelecidos por Lord Onslow e George Krehl. Por seus esforços em ganhar publicidade para o Basset Hound na Inglaterra, Millais é considerado o “pai da raça” na Inglaterra.

Embora o Basset provavelmente tenha vindo para a América na época colonial, a raça não se consolidou nos EUA até o início do século XX. O American Kennel Club (AKC) começou a registrar Basset Hounds em 1885, sendo o primeiro um cão chamado Bouncer, mas não foi até 1916 que o AKC reconheceu formalmente a raça.

O ano de 1928 foi um momento decisivo para o Basset Hound na América. Naquele ano, a revista Time publicou um Basset Hound na capa e publicou uma matéria sobre a 52ª exposição anual do Westminster Kennel Club no Madison Square Garden escrita como se fosse através dos olhos de um filhote de Basset Hound. O charme do Basset Hound foi descoberto e, a partir desse ponto, a popularidade do Basset Hound começou a crescer.

Os bassets entraram em grande estilo na cultura pop na década de 1960, com sua aparição na campanha publicitária dos sapatos Hush Puppy, nos quadrinhos com Fred Basset e desenho animado com Droopy, que ainda circulam hoje. O Basset Hound está atualmente classificado em 28º entre as 155 raças e variedades registradas pelo AKC, uma prova de sua popularidade duradoura. Porém é um raça que não é tão popular aqui no Brasil, dificilmente você verá cachorrinhos dessa raça por aí.

 

Pontos Positivos

  • São sociáveis com pessoas e outros cães e gatos
  • São super carinhosos e apegados aos donos
  • Podem passar horas farejando a casa e se divertindo com essa investigação.

 

Pontos Negativos

  • Podem ser teimosos e difíceis de treinar e adestrar.
  •  Por causa da pele solta ao redor da boca, eles também tendem a fazer uma grande bagunça quando bebem. Se você é uma dona de casa meticulosa que não suporta baba de cachorro, um Basset Hound não é a melhor escolha para você.
  • Basset Hounds geralmente têm flatulência.
  • Basset Hounds podem uivar alto, especialmente se forem deixados sozinhos por longos períodos de tempo.

 

 

Fique atento(a) às nossas redes sociais, sempre trazemos novidades e dicas para seu pet 😉

 

INSCREVA-SE também no canal do Youtube!
https://www.dicasboaspracachorro.com.br/youtube

Nosso Blog:
https://www.dicasboaspracachorro.com.br

Siga-nos nas redes sociais:
https://instagram.com/dicasboaspracachorro
http://www.facebook.com/dicasboaspracachorro

Recomendados Primeiro Para Você: